Enquanto o Sono Não Chega

Colunistas Márcio Torvano
Nova “polêmica” no ar. Jesus! Discussão sobre uma novela de 2016. Só para lembrar, minha mãe gostava muito de “Sol Nascente”, Globo. E nunca reclamou do ator ser ou não japonês (personagem era). Ela gosta de um bom trabalho, não importa onde nasceu o ator.

Falta de assunto tem hora que me assusta.

Um debate…
É a forma do jornalista chamar o estádio de futebol. Eu tenho uma maneira de falar nome da obra. E evito fazer propagandas de graça. Apenas isso.

 

Uma dedução…

Tem quem ganhar dinheiro para fazer papel de bobo e ficar xingando todo mundo. O dia todo. Outros fazem isso tudo de graça. São bobos sem fins lucrativos. Apenas isso mesmo.

Dias atrás…

Um famoso disse que no Brasil é quase obrigado ter um lado político. Graças a Deus ninguém é obrigado. Eu não sou. E não tenho.

Uma saudade?

Do CQC. Era um bom programa da Band.

Aproveitando…

Até hoje escuto e leio que o CQC elegeu um político. Não concordo. O programa entrevistou vários políticos. E se o povo gostou de um, não é culpa de um simples programa de televisão.

Não acredite em discurso bobo de fanático político. Nunca.
O mimimi queria que eu deixasse de gostar do Marcelo Tas. Eu gosto. Acho o cara muito bom. E não tenho nenhuma reclamação.

E logo, logo…

“Laços de Família” volta no “Vale a Pena Ver de Novo”, Globo.

E já percebi um problema. Imagem esticada para se adaptar aos novos padrões televisivos. Eu não vejo problema de assistir algo do passado com aquelas faixas nos cantos da tela. Ou poderia fazer igual faz a TV Record, a imagem é aproximada e tudo fica gigante.

Imagem achatada é horrível. E pelo jeito, “Laços de Família” vai ser assim.

Só para dizer que estou rindo aqui com o “Tapas & Beijos”, Globo. Bom demais. Sempre bom ver o Flávio Migliaccio atuando. Saudade.

Só para citar…

O que tem de falso bonzinho na mídia… Jesus!

E minha saudade vai para…

O ator Norton Nascimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *