Furlan vai entregar um dos maiores centros culturais do estado em 2020

Capa Cidades

Em Março de 2020, Barueri vai ganhar a Praça das Artes no bairro Boa Vista, ao lado da rodovia Castello Branco.   O equipamento será erguido no quarteirão onde ficava o TMB (Teatro Municipal de Barueri) e o Ginásio de Esportes Sérgio Honda. De acordo com o prefeito Rubens Furlan 300 empregos diretos serão gerados com a obra.
O projeto é do arquiteto Ruy Ohtake. A Praça das Artes terá infraestrutura sustentável (água e energia), pavimento térreo, mezanino e mais quatro pavimentos em terreno de 12.098,28 metros quadrados com área construída de 20.807,41 metros quadrados. Othake se diz feliz em fazer parte da construção deste espaço de cultura. “O futuro do Brasil está no investimento da juventude”,

A capacidade de atendimento será ampliada para mais de 10 mil alunos nas Oficinas de Artes e Núcleos de Dança e de Música. Com a construção do novo teatro, o espaço para espectadores será aumentado de 620 para 938 pessoas, o estacionamento passará de 10 para 400 vagas, o número de salas subirá de uma para 32. “Não estamos aqui para fazer qualquer coisa. Essa obra agrega valores à nossa cidade.”
O novo teatro terá dois palcos para ensaios, fosso para orquestra de 50 músicos, iluminação acústica e som de última geração. O complexo contará também com 2 salas de aula de teatro, 6 salas de aula para dança, 12 salas de aula para oficinas de artes visuais e plástica, oficinas de cenários e de figurinos; 16 salas de aula para música (futuro conservatório de Barueri) e oficinas de artesanato.  “Não estou fazendo apenas uma casa de espetáculo, mas um projeto cultural para todo o Estado.”

A Praça das Artes terá espaços multiculturais e será sede da Secretaria de Cultura e Turismo. Além da Pinacoteca e o espaço criança, abrigará a biblioteca de artes, área midiática e saguão de exposições para mostras de arte.
Para Jean Gaspar, as famílias de Barueri podem ter a certeza que terão no complexo cultural, além de um teatro moderno para receber grandes espetáculos, um local saudável com atividades lúdicas, aulas dos mais diversos estilos artísticos, conectividade e acessibilidade. “Hoje temos cerca de 3.800 alunos nas Oficinas de Artes. Com a Praça das Artes poderemos atender cerca de 10.000 alunos praticando arte. O nosso novo teatro vai ter uma das melhores acústicas do nosso país”, ressalta o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *