Homem que mantinha 18 aves da Venezuela em cativeiro é preso em Carapicuíba

Cidades

A Polícia Militar Ambiental autuou um homem que mantinha 18 aves exóticas, oriundas da Venezuela, em cativeiro, na cidade de Carapicuíba. O flagrante aconteceu nesta sexta-feira (19).
O delito foi descoberto, após denúncia anônima sobre maus-tratos. No local, um imóvel na rua Vanilla, no Jardim Maria Beatriz, os policiais encontraram o morador da casa na parte externa. 
Questionado sobre a existência de aves nativas no local, o homem disse que guardava apenas aves domésticas. Em buscas dentro da residência, foi localizado um espaço estruturado para a criação, com diversas gaiolas de aço onde eram mantidos 19 canários-belga, espécie doméstica e permitida, e 18 espécimes de tarin (pintassilgo venezuelano) sem anilhas de origem legal.

Diante dos fatos, os pássaros exóticos foram apreendidos e registrado um Auto de Infração Ambiental (AIA) contra o autor no valor de R$ 5,6 mil. A ocorrência será encaminhada à Delegacia de Polícia do Meio Ambiente de Barueri.

A introdução de espécies exóticas representa um risco à biodiversidade, pois os exemplares podem competir e até disseminar doenças para as espécies nativas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *