Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) melhora em Osasco

Capa Cidades

O Brasil avançou no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em todas etapas de ensino, mas apenas nos anos iniciais do ensino fundamental, do 1º ao 5º ano, cumpriu a meta de qualidade nacional estabelecida para 2019. Os resultados foram divulgados hoje (15) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Osasco recebeu a melhor nota sobre a qualidade do Ensino Municipal de toda a História de nossa Cidade. Essa avaliação é feita pelo Governo Federal em todas as Cidades do Brasil. “Parabéns a todos os Profissionais da Educação e a todos os alunos e seus familiares! Assumimos com nota 5,9 e alcançamos nota 6,3! Temos muito trabalho pela frente, mas estamos no caminho certo!”, disse o prefeito Rogério Lins em sua rede social.

Medido a cada dois anos, o Ideb é o principal indicador de qualidade da educação brasileira. Oíndice registrado nos anos iniciais no país passou de 5,8 em 2017 para 5,9, em 2019, superando a meta nacional de 5,7 considerando tanto as escolas públicas quanto as particulares. Nos anos finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, avançou de 4,7 para 4,9. No entanto, ficou abaixo da meta fixada para a etapa, 5,2. No ensino médio, passou de 3,8 para 4,2, ficando também abaixo da meta, que era 5. 

O Ideb é calculado com base em dados de aprovação nas escolas e de desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O Saeb avalia os conhecimentos dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O índice final varia de 0 a 10.

1 thought on “Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) melhora em Osasco

  1. Agora só falta um reconhecimento e valorização dos professores, já que Osasco tem um dos menores salários da região, e é a segunda cidade mais rica do Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *