Jandira contará com a primeira máquina de poesia do Brasil

Correio 2

Com a proposta de reunir talentos da região Oeste da Grande São Paulo, o Poeta Andarilho Marcos Torquato idealiza e organiza a Máquina de Poesia, projeto inovador que envolve tecnologia e arte e que conta com a aprovação do Conselho Municipal de Cultura e apoio Cultural do Fundo Municipal de Jandira.
A Máquina de Poesia, segundo Torquato, contará com 100 textos, sendo 50 poesias de autores consagrados, de vultos relevantes da poesia brasileira, universal e de domínio público como Castro Alves, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, Mário de Andrade, Casimiro de Abreu, Padre Vieira, Camões e Forbela Espanca (poetas portugueses), Rilke Goethe (alemão) e Shakespeare, entre outros.
Os outros 50 textos, escolhidos por concurso específico, serão destinados a poetas das cidades de Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista. Destes 50 textos, 30 serão para poetas de Jandira e os demais para as outras cidades da região.
As poesias selecionadas serão interpretadas por atores profissionais que farão gravação em vídeo e com tradução em libras. Também estarão disponíveis no Youtube. Os textos selecionados serão disponibilizados em dois totens poéticos ‘touche screen’ (meio de promover a interatividade de forma intuitiva), que circularão nas 14 escolas estaduais de Jandira, além de outras praças.
Os interessados têm até o dia 09 de junho para fazerem suas inscrições. O regulamento também pode ser solicitado pelo email: maquinadepoesia@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *