João Doria anuncia a ampliação da Linha 9 Osasco-Grajaú

O Governador João Doria e o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, receberam nesta sexta-feira (17), do Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, a autorização para liberação de R$ 87 milhões para continuidade das obras de expansão da Linha 9-Esmeralda, da CPTM, que ligará Osasco até Varginha.

“A Linha 9-Esmeralda, da CPTM, será concluída em etapas. Na medida em que as estações ficarem prontas, serão colocadas em funcionamento. Com isso, traremos benefício imediato para mais 100 mil passageiros desta região”, afirmou o Governador.

Os recursos serão destinados à construção da Estação Varginha, vias férreas e rede de energia para alimentação elétrica dos trens, que compreendem o segundo lote de obras do empreendimento.

A Estação Varginha contará com área de 5 mil m² e capacidade para demanda de 51 mil passageiros por dia. Será integrada futuramente a um terminal de ônibus, a ser implantado pela CPTM. Contará com passarela anexa à estação com acesso aos dois lados da ferrovia, elevador e todos os itens de acessibilidade e bicicletário com 750 vagas.

“Essa é uma obra muito esperada pelo povo da cidade de São Paulo e espero concretizá-la até o primeiro semestre de 2022. A extensão entre Grajaú e Mendes está em estágio avançado, em plano de acabamento da estação. Agora, com esta autorização, o início de obras entre as estações Mendes, Vila Natal e a estação Varginha, concretizaremos a extensão da Linha 9-Esmeralda”, disse Baldy.

“A CPTM está engajada na execução deste projeto, que facilitará a vida de mais de 100 mil passageiros com as estações Mendes-Vila Natal e Varginha, e que contará com itens de acessibilidade e será mais uma opção de mobilidade a todos que circulam pela zona sul de São Paulo”, finalizou o presidente da Companhia, Pedro Moro.

Empreendimento

O investimento total na extensão da Linha 9-Esmeralda é de R$ 945 milhões, sendo R$ 500 milhões da União e R$ 445 milhões do Governo do Estado de São Paulo. A expansão contempla também as obras da Estação Mendes-Vila Natal, que contará com uma de área de 4.500 m² e bicicletário com 50 vagas. As novas estações da CPTM serão totalmente acessíveis, com elevadores, banheiros adaptados e rota tátil, além de escadas rolantes.

As obras, que devem ser concluídas em 2022, fazem parte da expansão da Linha 9-Esmeralda da CPTM até o extremo sul de São Paulo. Além das estações Mendes-Vila Natal e Varginha, estão sendo construídos quatro viadutos rodoviários, uma passarela sobre a ferrovia e cinco passagens subterrâneas, sendo duas exclusivamente para pedestres.

Serão beneficiados os moradores da Estrada dos Mendes e dos bairros Varginha, Vila Natal, Jardim Icaraí, Jardim São Bernardo e Conjunto Residencial Palmares. A estimativa é que mais 110 mil passageiros passem a utilizar a Linha 9 diariamente com a abertura das novas estações.

O terminal de ônibus a ser construído pela CPTM será interligado à Estação Varginha por uma passarela. Serão 10 mil m², com 500 metros de plataformas para embarque e desembarque, além de itens de acessibilidade e escadas rolantes. A demanda é estimada em 30 mil passageiros por dia.

2 COMENTÁRIOS

  1. O que mais interessa aqui para o povo da região, é a modernização no transporte! Já não passou da hora de expandir as linhas do metrô para a zona oeste da grande SP governador? Os trens e as linhas da CPTM deveriam ser mantidas para viagens de longo percurso para o interior! Pense nisto e fica a sugestão!

  2. Em minha opinião, creio que o momento pede o desenvolvimento das linhas do metrô em sentido a região oeste da grande SP! Nossa região aqui de Osasco, Carapicuíba, Barueri, Jandira e Itapevi! CPTM, deveria ficar em adequar suas composições, com aproveitamento para viagens de longo percurso em sentido ao interior do Estado! Isto sim creio que seria desenvolvimento! O metro já é uma promessa antiga e creio viável!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here