Na hora da decisão brilha o campeão Osasco Audax

Na primeira fase do campeonato, o Osasco Audax teve um início titubeante, mas ao longo da competição foi se encontrando e somando os pontos necessários a classificação à próxima fase. Ufa, foi difícil, mas conseguiu a última vaga, ou seja o oitavo passaporte para participar das quartas de final.
Nas quartas, uma pedreira logo de cara, no sistema mata mata, tendo pela frente do Audax o Velo Clube, o então líder e invicto. No jogo de ida um empate em 0 x 0 no Estádio do Rochdale e a surpresa, vitória do Audax por 2 x 0 no jogo de volta em Rio Claro,eliminando o time da casa.
O torcedor osasquense ficou contente, mas ainda não acreditando no sucesso do clube. Na semifinal, o adversário foi o Barretos, o Touro do Vale, e no jogo de ida, o Audax perdeu em casa por 1 a 0. Surpresa teve o Barretos quando no jogo festivo em casa, preparado para a decisão, valendo classificação à final e o consequente acesso, foi eliminado pelo Audax por 2 a 0.
Com os acessos garantidos, Osasco Audax e Monte Azul foram para a decisão do título e empataram em 2 a 2 na primeira partida, realizada no feriado de 1º de Maio no Estádio do Rochdale.
No último domingo, 5, o Monte Azul preparou a festa do título, com o estádio recebendo um grande público e ninguém esperando o que aconteceu nas quartas de final e semifinal com o Osasco Audax. O inesperado pelo torcedor do Monte Azul ocorreu, viu o adversário fazer a festa com o placar de 2 a 0 e comemorar gritando “é campeão, é campeão” após levantar o tão sonhado caneco. Os gols do título foram marcados por Danrley Marreta, aos 48 minutos do primeiro tempo e por Marcondele, artilheiro do campeonato, aos 46 minutos da etapa final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here