Número de óbitos aumenta em janeiro no Hospital Regional em Osasco

HOSPITAL REGIONAL DE OSASCO TROCA EQUIPES E AUMENTA ÓBITOS NA UTI

O novo governo de São Paulo, não se sabe por quais motivos trocou as equipes médica da UTI, do Hospital Regional de Osasco. O resultado é que cresceu rapidamente a quantidade de óbitos. O que se fala é que o governador João Doria contratou em regime de urgência a Organização Social Instituto Lagos Rio, do Rio de Janeiro. Mas, certamente a licitação foi feita pelo governador Marcio França. Essa, em seguida, contratou novas equipes para a substituição, sem a mínima noção de UTI ou situação emergenciais. Inclui-se aí, além dos médicos o corpo de enfermagem também. Médicos vem afirmando que o crescimento nos óbitos ocorre todos os dias em comparação à 2018.

DE NOVEMBRO 2018 A JANEIRO 2019 AUMENTO ACENTUADO DE ÓBITOS:

Novembro no mês 34 pacientes e 7 óbitos
Dezembro no mês 17 pacientes e 4 óbitos
No dia 31 de dezembro tinha 8 pacientes na UTI; desses um paciente teve alta e o restante entraram em óbito na primeira semana de janeiro. No total janeiro, com a nova empresa 21 óbitos.

MP

O senhor Uribatan Bernardes de Oliveira (foto), de acordo com o filho Fabio André, entrou com uma crise de pneumonia no dia 10 de novembro. De acordo com André ele vinha se recuperando e recaiu em janeiro, falecendo no dia 18.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here