O que a liberdade significa pra você?

Colunistas Talita Andrade

O que é liberdade para você? Acredita que tenha P, M, G no estoque? Se tiver, manda um XXG, por que eu gosto de espaço e conforto!

O que mais ando vendo é gente querendo ser livre fazendo o que não gostaria, só para provar que é livre para tal. Mas até aí, isso é uma forma de prisão invertida, não?

A liberdade tem dois lados: O poder de se divertir, sem se preocupar com o que pensam de você; e o que te priva a diversão, por estar prestando atenção se está sendo assistida.

Sua libertação da influência dos estereótipos e da sociedade tem que ser algo que venha de dentro… e essa é a diferença da linha tênue entre ambos: um tem naturalidade, satisfação e literalmente o botão do dane-se. O outro tem a artificialidade, a ostentação exacerbada de poder e a plateia que você acha que está ligando, mas que no final nem te enxerga.

Tudo é questão de pontos de vista. As pessoas precisam se ocupar falando dos outros. O jeito que você vive sua vida, pouco importa. Na realidade, não interessa. Você será julgada se seguir o padrão ou não. O TODO é uma grande hipocrisia e um bando de covardes, que gostariam de ter sua coragem para ser aquilo que querem e não se permitem.

Para! Analisa quem você é agora, e o que quer se tornar. Não se limite a conselhos de amigos, família e parceiros; nem todos querem te ver melhor do que eles. E o fato de ser melhor, não precisa ter relação com sucesso, o maior poder que as pessoas almejam é a libertação de ser natural, agir sem calcular os danos, ser fiel aos sentimentos próprios, ser leal ao próprio bem estar, e ser egoísta para não agradar ninguém desrespeitando suas fraquezas.

Se você já decidiu ser livre da prisão do julgamento do mundo, perfeito! Admirável!
Mas faça direito. Faça para você. Por você. Aceite ser quem é. Simples assim!

Não existe liberdade pela metade. Ou vai de cabeça, assumindo-se, ou fica dentro da casinha, limitada e infeliz.

Enquanto isso, os conservadores, machistas, “religiosos”, turma do “se dê o respeito”, time do “o mundo tá perdido”, estão tranquilos. Intimidada, você não incomoda com sua leveza e felicidade e sua coragem não causa inveja, enquanto o medo deles os paralisam, impedindo-os de gozar da liberdade que sempre quiseram.

Nota: Esse texto é facilmente compreendido para quem já experimentou o poder de ser livre. Caso tenha tido dificuldade, reflita. Sua vida anda fluindo como o planejado? Pois é, entretanto, seria surpreendente se esses planos fossem fieis e autonomamente seus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *