O que tem de bom na minha Televisão

Colunistas Márcio Torvano


Bom ver o ator Leopoldo Pacheco no ar. Atualmente está na reprise de “A Escrava Isaura” na Record e na inédita “Salve-Se Quem Puder” na Globo.

Já mudando de assunto…

Sempre tem um desocupado atrapalhando o repórter em alguma transmissão ao vivo. Saudade do Marcio Canuto na Globo. Desocupado com ele não tinha vez.

Sobre minha mãe…

Ela não gostou do cabelo que foi usado pela Regina Volpato nessa sexta-feira no programa “Mulheres” da Gazeta. Sei lá se era um aplique ou uma peruca. Só sei que minha mãe achou bem esquisito.

Sobre o mimimi…Essa turminha não gosta de famoso que apoia este ou aquele político. Gente chata demais.

Aproveitando…

Estou sempre escolhendo o rejeitado pelas redes sociais para torcedor no “Big Brother”, Globo.

Aproveitando…

Jamais vou fazer campanha contra um famoso por causa de um erro ou de uma fala infeliz do mesmo. Não conte comigo para isso. Não participo de “campanhas”. Só para avisar mesmo.

Um assunto nada a ver, mas…

Lembro que em 2004 uma linda amiga perguntou se eu já tinha “Orkut”. Respondi que não e ouvi.

“Faz um, é tão legal. Até o Silvio Santos tem”.

Hora de dar parabéns.

Para o “Roda Viva”, Cultura, da última semana com o médico Drauzio Varella. O Doutor fala sempre de forma simples, mas deixando bem claro todas suas ideias. Merece sempre ser ouvido. Em qualquer momento.

Mais uma vez mudando de assunto…

Pior coisa é ver jornalista que sai de uma empresa e aí fica xingando seu antigo local de trabalho. Nem todo mundo sabe ser grato. Uma pena.

E algo que eu sempre falei, faz tempo que não cito aqui.

O Brasil é o país da novela. Não é mais o país do futebol.

Sobre minha querida Sônia Abrão…

O seu programa, “A Tarde é Sua”, Rede TV, ficou bem agitado nos últimos dias. Parece que alguns colaboradores não estavam se entendendo. Agora parece que tudo está mais calmo. Fico feliz com isso.

Sobre rádio…

Não tem mais rádio Globo no AM aqui em São Paulo. Que tristeza.

Minha saudade vai para…

O escritor Caio Fernando Abreu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.