Osasco é a segunda cidade do Estado em casos de assédio em ônibus

Capa Cidades

De acordo com um levantamento pedido pela EPTV, afiliada da TV Globo em Campinas, à Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), Osasco ficou na segunda posição com maior número de casos de assédio no transporte público, a cidade teve 15 registros, na terceira colocação ficou Campinas com 13 registros. Os números são referente ao ano de 2017. A cidade campeã é São Paulo, com 467 ocorrências.

Os números, porém, podem ser maiores. Cantadas, passadas de mão e ‘encoxadas’ são os principais assédios. Constrangidas, as mulheres evitam procurar a polícia.

Atualmente, o crime é qualificado como importunação ofensiva ao pudor, considerado de menor potencial ofensivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *