Osasquense é atingida dentro do ônibus por pedra que caiu de viaduto em São Paulo

Capa Cidades

Fonte: Rede Globo

A polícia investiga como um pedregulho caiu de um viaduto e acertou um ônibus no Sumaré, Zona Oeste de São Paulo, na noite de quarta-feira (27). A pedra furou o teto do coletivo e atingiu a cabeça de uma passageira. Ela ficou ferida, foi socorrida a um hospital, onde ficou internada em estado estável, sem risco. Depois teve alta médica e foi para casa, em Osasco.

Na manhã desta quinta-feira (28) funcionários da prefeitura estiveram no Viaduto Capitão Adalberto Mendes, mais conhecido como Viaduto Doutor Arnaldo, por causa da avenida com mesmo nome que passa sobre a estrutura.

Os técnicos mediram a extensão do viaduto que passa sobre a Avenida Sumaré.

A polícia apura de onde partiu a pedra que perfurou o ônibus e feriu Steffani Kauana, de 20 anos. Ela estava sentada no banco quando foi atingida. A moça contou que ouviu um barulho e desmaiou, depoisacordou sendo atendida por algumas pessoas. A vítima relatou ainda que teve uma fratura perto da testa devido ao impacto da pedra na sua cabeça.

A investigação quer saber se alguém teria jogado a pedra. O caso foi registrado como lesão corporal e dano ao patrimônio.

O peso da pedra ainda vai ser calculado pela perícia, mas fato é que, caindo de uma altura de aproximadamente 30 metros, ela atingiria o solo a quase 90 km/h.

A essa velocidade, se a pedra pesasse 5 kg, a sensação seria de um impacto de quase 150 kg. O teto do veículo amenizou a queda e pode ter evitado uma tragédia.

A vítima foi socorrida ao Hospital das Clínicas e o estado de saúde dela é considerado estável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.