Prefeitura de Itapevi recorre à Justiça para manter cidade na Fase Amarela

Capa Política

A Prefeitura de Itapevi ingressará na Justiça, neste sábado, 8, com pedido contra a decisão do Governo do Estado de São Paulo que regrediu todas as cidades da Região Oeste (Osasco, Barueri, Carapicuíba, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Jandira e Itapevi) da Fase Amarela para Fase Laranja, restringindo a atuação das atividades econômicas.

Itapevi apresenta indicadores que garantem a manutenção na Fase Amarela, como, por exemplo, redução da taxa de letalidade de 12,7% em 14 de junho de 2020, para 8,2% em 6 de agosto de 2020, conforme dados da Fundação Seade.

Ainda segundo o Seade, a variação semanal de casos no município de Itapevi é de -6,7%. Além desta diminuição, a média móvel de óbitos no município em 6 de agosto é de 1,57, enquanto que em 9 de julho, quando a cidade foi promovida para Fase Amarela, era de 2,14.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no município é de 54,6% nos últimos sete dias, conforme Censo COVID-19 do Governo do Estado de São Paulo.

A Prefeitura ainda ressalta que cerca de 30 mil moradores, segundo dados da CPTM, se deslocam diariamente da cidade para trabalhar ou realizar outras atividades fora de Itapevi, ou seja, a circulação de pessoas deve se manter, independentemente da Fase.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *