Refletindo Sempre

Colunistas Márcio Torvano

Para começar…

Fico pensando nesse povo politicamente correto das redes sociais (e de outras mídias). Fico imaginando os grupos de WhatsApp dessas pessoas. Na rede social sempre com aquele discurso bonitinho, mas escondido…

Sobre os “cancelados” da internet…

Toda vez que alguém é linchado virtualmente, eu penso nos dois lados. Por exemplo, outro dia um comentarista de futebol usou um termo ruim e ofendeu um jogador de futebol. Eu fiquei preocupado com o jogador e com o comentarista. Não fui um dos que aproveitou para detonar o rapaz (acabou perdendo o emprego). Não chuto quem já está caído. E jamais fico fazendo discurso para alegrar turma da lacração.

E para deixar claro, eu separo quem ofende e ataca de quem por um erro acaba usando uma frase infeliz.

Mudando de assunto…

Gosto muito das reprises de “A Praça é Nossa”, SBT. Mas reprise mesmo. Quando quadros bem antigos vão ao ar. Muito bom!

Falando em reprise…

Sempre bom ver a Mafalda (Camila Queiroz) perguntando sobre o “Cegonho” em “Êta Mundo Bom”, Globo.

Um assunto nada a ver, mas…

Tenho uma lista de uns sete livros para comprar. Não sei nem por onde começar.

Uma novidade depois da pandemia?

Emissora de televisão anunciado filmes. Igual fazia nos anos 80 e 90. Estou gostando disso. Parece que estou voltei ao passado.

Voltando para novelas…

Saudade de quando o SBT produzia novelas não infantis. Tramas adultas também são legais. Duas novelas simples, mas que eu gostava…

“Pequena Travessa” e “Jamais Te Esquecerei”.

Falando em SBT…

Ainda tentando sobreviver sem o “Chaves” na tela. Não está sendo fácil.

Sobre rádio…

Falei outro dia sobre a Rádio Bandeirantes. Emissora está colocando personagens importantes da TV no rádio. Não gosto disso. A finada Rádio Globo de São Paulo começou assim, e terminou fechando suas portas. Deus queira que isso não aconteça.

Só para informar…

Trabalhar em meio de comunicação e não ser picado pelo vírus do ego. Eu ainda consigo. Espero que sempre.

Minha saudade vai para…

O humorista Bussunda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *