Superintendente do Osasco Plaza acredita que vendas do Dia das Mães deverão voltar ao mesmo patamar que antes da pandemia

Capa Geral

O superintendente David da Rocha Júnior está a frente do Osasco Plaza Shopping desde janeiro de 1995. “Sou o administrador de Shoping há mais tempo no cargo no mercado brasileiro.” Morador da região há 36 anos, ele tem um carinho especial pela cidade. “O meu carinho por Osasco é muito grande, temos ainda o clima de interior, todo mundo se conhece.”
David é formado em Administração e Marketing, Psicologia e Teologia. Já trabalhou em mutinacionais como Colgate, Multiplan, entre outras. David tem algumas pecularidades no comando do shopping, ele responde os questionamentos dos clientes nas redes sociais do empreendimento, uma por uma. “Você pega nossos erros e acertos. O osasquense olha o shopping como se fosse dele. Nosso shopping tem carisma. Eu gosto de servir e quero continuar servindo sempre.”
Como administrador do shopping, ele passou pelo um dos piores momentos da história de Osasco que foi a explosão em 1996. Quarenta e duas pessoas morreram e mais de quatrocentas ficaram feridas no shopping que havia sido inaugurado um ano antes da tragédia. A perícia concluiu que houve um vazamento de gás em uma tubulação que passava embaixo do andar atingido. “Foram momentos dificeís, foi Deus que nos ajudou na recuperação dessa tragédia, nós fomos sinceros com todos”.
O Osasco Plaza Shopping no centro da cidade, assim como todos comércios no Estado e no país sofreu bastante nos últimos 2 anos por causa da Pandemia do Coronavírus, mas nos últimos meses, o cenário começou a melhorar. O superintendente do shopping David da Rocha Junior, não descansou um minuto durante a pandemia, em alguns momentos o centro de compras precisou ser fechado por causa de restrições sanitárias do Governo do Estado, ele como diversos lojistas do local tiveram que se reinventar para viver este novo momento da humanidade. “Foi uma guerra, foi um fato inesperado, ninguém esperava uma coisa dessa, infelizemente tivemos que diminuir o número de funcionários, chamamos prestadores de serviços e pedimos para que eles jogassem juntos com o shopping, todos os nossos fornecedores são parceiros, todo mundo topou, falamos com cada lojista, a prefeitura de Osasco ajudou muito com orientações, parcerias, fazíamos reuniões com as secretarias municipais, com o Rogério Lins.” David Rocha disse que para enfrentar esse momento precisou trocar experiências com os shoppings vizinhos. “Fizemos um grupo de discussão com os shoppings da cidade, éramos nós, o Shopping União, o SuperShopping e o Pátio, trocamos bastante ideias.”
Atualmente o superintendente do Shopping já comemora uma melhoria. “O mercado começou a aquecer, a data de Páscoa foi muito boa, eu imagino que as próximas datas que são Dia das Mães e Namorados, as vendas deverão atingir as marcas da pré-pandemia (antes de março de 2020). O público está voltando, o número de carros em nosso estacionamento está voltando.” O Centro de Compras aproveitando esse aquecimento do comércio promove em maio uma mega promoção. “Nós vamos sortear um apartamento, isso é positivo, nossos lojistas já estão animados com o retorno. Devemos crescer 4% em relação ao público, e 2% em relação a receita comparando com o mesmo período de maio de 2019, não é muito, mas não inventamos números, o país atravessa por uma crise.”
80 mil pessoas passam pelo shopping diariamente. O local passará por alguns melhorias. “O Shopping está reativando a expansão para 2023. Vamos promover melhorais no piso, vidros e nos banheiros.” As ações sociais do shopping também chamam a atenção. “Trabalhamos com 30 instituições, não estamos aqui só para faturar, temos um lado social, ajudamos instituções de caridade, que ajudam crianças, idosos, combate as drogas, OAB.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.