Um ciclone chamado Mulher

Colunistas Talita Andrade

Ah, nós mulheres! Como podemos ser tão incríveis?


Temos o poder de bagunçar a vida de um pegador, aquecer o coração de um desapegado e mostrar aos egocêntricos como se joga o jogo da conquista.

Somos faceiras, chegamos com jeitinho. Um olhar cativante e um sorriso de lado, e pronto! Está feito.

Uns chamam de bruxaria, outros de empoderamento, mas a verdade é que não podemos nomear algo que faz parte da nossa natureza.

A parte sensacional de ser mulher do século 21, é que tomamos a liberdade de sermos o que quisermos. Podemos ser quietas perante a sociedade, e um furação entre quatro paredes. Ninguém nem imagina o que uma mulher quietinha e tímida é capaz de fazer em frente a um par de olhos. (Talvez até dois).

Mas também, temos as mulheres poderosas, que emanam poder, confiança e muita atração. Ah, essa mulher é capaz de incendiar alguém com um olhar ou uma frase, depende da vontade e interesse DELA. A parte mais fabulosa é a dificuldade de capturá-la, pois sua diversão é colecionar cobiçadores, não obsessores. Imagine só, o que essa mulher pode te apresentar: as loucuras, inovações, sensações e prazeres. Sentimento é opcional. Ela vai escolher exatamente o que você merece experimentar. Ela tem as armas certas para poder cativar, aproximar e dar o bote. Tudo em sua hora, e às vezes até fora de hora. Não adianta ir com sede ao pote com mulheres que conhecem a sedução. Elas não entram para perder e dificilmente mantém interesse em apressados.

Mulher que conhece o seu poder, se destaca das futilidades, são altamente inteligentes. O que difere a tímida da ousada é apenas a forma com que elas se apresentam á sociedade.

Nem todos os homens sabem lidar com mulheres de atitude. Estes que estão acostumados a caçar, e quando se veem como presa podem se afastar por não saberem atuar fora da sua zona de conforto. O que eles não sabem é que nesse jogo, o poder e controle é igualitário, pois ambos querem a mesma coisa: satisfação.

Tome cuidado com essas mulheres, elas são um ciclone: de carinho e luxúria! E se esse ciclone passar por você, se permita ser levado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *