Afinal, onde está o sentido da vida?

Colunistas Erica Rodrigues

Muitas vezes associamos o sentido da vida nas conquistas que temos, no nosso futuro, ou em coisas muito extraordinárias.

Mas o sentido da vida está no agora, está em buscar sentido no que você está vivendo, nas suas emoções, comportamentos, empregos, estudos, enfim, no seu dia a dia.

Viktor Frankl, psiquiatra, que foi para um dos campos de concentração durante a segunda guerra mundial, escreveu um livro chamado: Em busca de sentido.

Nele Viktor depois de passar por uma das situações mais horripilantes da nossa história, o Holocausto, nos ensina que no dia a dia conseguimos e devemos encontrar as nossas motivações para encarrarmos os desafios na adversidade da vida.

Pense assim: O que te motiva a sair da cama e ir trabalhar?

É o carro que você deseja comprar? A faculdade que deseja fazer? O presente de aniversário que você quer dar ao seu(sua) filho(a) ou namorado(a), pois bem, esse é o sentido da sua vida.

O sentido da vida pode ser encontrado na simplicidade do dia a dia, nas pequenas conquistas, no sorriso de alguém, no agradecimento da vida.

Outra forma de encontrar o sentido da vida está nas relações, como você se relaciona com seus amigos, familiares, namoro, trabalho? Você alimenta essas relações? Se faz presente?

A busca pelo sentido da vida é um processo coerente e de desenvolvimento humano, nos traz evolução, melhores resultados e equilíbrio emocional.

Se você ainda não se viu questionando o sentido da sua vida, psicologicamente falando, acreditamos que em algum momento esse questionamento chega, ele é inerente ao ser humano.

Mas de novo, entenda!

O sentido da vida, está em viver, está no seu dia a dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *