Barueri castrou 8 mil animais domésticos desde 2017

O respeito por toda forma de vida é prioridade para Barueri, tanto que a Prefeitura está investindo fortemente em meio ambiente, especialmente no cuidado aos animais.

Com relação aos animais domésticos (cães e gatos), desde 2017 já foram esterilizados 8 mil pets nas campanhas realizadas pela Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema).

“A castração tem muitos benefícios para o animal e para o tutor. Mas pensando na relação sociedade e gestão de animais domésticos, os maiores benefícios são evitar crias indesejadas e os abandonos”, frisa o biólogo Ivan Vanderley Silva, diretor do Departamento Técnico de Biodiversidade da Sema.

Só no ano de 2017 foram 3.040 castrações; em 2018 o número saltou para 4.200; e agora em 2019, só na primeira campanha (entre 20 e 22 de fevereiro) foram 760. No ano de 2016 o município realizou 2.105 castrações.

Desse montante, as fêmeas, tanto caninas quanto felinas, são em maior número: 2.480 cadelas e 2.320 gatas, totalizando 4.800. Os machos somam 3.200, sendo 1600 de cada espécie.

 

Responsabilidade de todos

Mesmo com o grande apoio do poder público municipal, Ivan lembra que o cuidado e a proteção dos pets são papeis do tutor. “Vale ressaltar que a responsabilidade de castrar o animal de estimação é do proprietário/tutor”, diz o biólogo. De acordo com o especialista, as pessoas não podem transferir a culpa do abandono para o poder público, cada pessoa precisa se responsabilizar por seus animais.

 

As campanhas de castração realizadas pelo município são gratuitas e servem como reforço para diminuir o abandono e a proliferação indiscriminada de animais domésticos. Elas incluem também a microchipagem. Como medida protetiva, Barueri sancionou, em 18 de dezembro de 2017, a Lei 2.588. Ela determina que os donos de animais domésticos residentes no município coloquem em seus pets microchips que armazenam informações sobre seu responsável, acessadas em caso de perda ou abandono.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here