Barueri trocou 5800 luminárias em 2019

A Prefeitura continua avançando no processo de iluminação pública, implantado desde 2017 em boa parte do território de Barueri. Até o momento, o programa já atingiu o total de 12.200 lâmpadas trocadas. Só neste ano foram substituídas 5.800 luminárias.

O objetivo do governo municipal é atender toda a cidade de Barueri, incluindo as praças, visando garantir segurança e economia à população, tornando os ambientes mais iluminados e confortáveis, com mais visibilidade para pedestres, motoristas e ciclistas.

O programa é executado de acordo com a largura das vias e fluxo de veículos e pessoas. Em locais de maior movimento são implantadas luminárias de maior potência. Os postes são engastados de concreto circular e flangeados de ferro galvanizado circular. Possuem altura variada de 10 a 13,5 metros com até quatro lâmpadas para cada um. As lâmpadas têm potências de 150, 200, 270, 300 e 360 Watts.

O projeto foi iniciado no Jardim Mutinga e expandido para o Parque Imperial, Aldeia da Serra, Alphaville, Jardim Líbano, Parque Viana, São Fernando Residencial, Jardim Paulista, Residencial Parque Esmeralda, Jardim Júlio, Jardim Maria Helena, Parque dos Camargos, Jardim Silveira, Jardim Alberto, Chácaras Marco, Jardim Reginalice, Vila Universal, Vila São Francisco e Jardim dos Altos.

Também já ganharam iluminação de LED os bairros Centro, Bethaville, Vila dos Baixinhos, Jardim Santa Mônica, Jardim Tupan, Jardim São José, Jardim Aldir, Engenho Novo, Condomínio Residencial Tamboré 1 (parcial), Jardim Belval, Jardim dos Camargos, Aldeia, Jardim Tupanci, Jardim Audir, Vale do Sol, Recanto Phrynéa, Outeiro São Fernando e Parque das Nações.

Para 2020, já existe projeção para que a tecnologia de LED seja implantada na alameda Araguaia (Alphaville), estrada dos Romeiros, estrada Velha de Itapevi e Corredor Oeste.

Vantagens
A tecnologia de LED é mais vantajosa em relação às luminárias convencionais. Permite maior durabilidade da vida útil vida das lâmpadas, reduzindo o consumo de energia elétrica e custos com manutenção.

É também melhor para o meio ambiente, uma vez que, segundo especialistas, o material de LED não é danoso, pois não emite radiação ultravioleta e não contém mercúrio em sua composição. Além disso, o número de luminárias descartadas é infinitamente menor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here