Cada um é o que é

Colunistas Elaine Melo

Assistindo a um concurso de beleza a alguns dias atrás, me questionei quem define o que é bonito…

Em que momento alguém decidiu que um padrão “x” é o perfeito?! Corpo escultural, pele impecável, cabelos sedosos, alinhados, sem um fio fora do lugar. Dentes? Mais brancos que a nuvem mais fofinha do céu! Revestidos com uma tal de porcelana para deixar os sorrisos brilhantes. 

Não, eu não sou contra e nem vejo problema algum nas pessoas que querem transformar o que não lhe agrada. Eu também tenho coisas que gostaria de mudar, como por exemplo uma pintinha no nariz que me incomoda ou aquela marquinha de expressão nos olhos.

A questão é, porque as pessoas que não querem mudar, que se aceitam e são felizes como são e como estão, têm que ser julgadas? Apontadas? Se elas não se incomodam, qual o motivo do incômodo de terceiros?! É cruel a forma com que essas pessoas são tratadas, como se o fato delas terem o direito de não quererem mudar, fosse errado. Não! Não é errado se olhar no espelho e gostar do que vê. Mesmo que esteja com aqueles quilinhos a mais, que insistem em morar em seus corpos. 

Se alguém quer mudar o nariz, mude! Quer fazer uma lipo, faça! Quer porcelanas nos dentes, coloque! Mas não julguemos, aqueles que preferem continuar como estão! Eles também são felizes, com a sua celulite, com as suas estrias ou até mesmo com as suas pintinhas na ponta do nariz!

A beleza padronizada, faz com que nós percamos nossa identidade. Já pensou em um mundo com todos exatamente iguais?! Mesmo cabelo, mesmo formato de corpo, de rosto… Seria um tédio!

Claro que humanamente falando, temos o momento de nos compararmos, principalmente quando nos referimos às redes sociais. Tudo é lindo, perfeitamente encaixado, e quer saber? Também é cheio de filtros! Então não se cobre! Você é perfeita (o), dentro das suas diferenças.

Cada um tem a sua singularidade, sua particularidade, e é exatamente isso, que faz com que cada um de nós sejamos especiais.

O que vemos no espelho, vai muito mais além do que nossos olhos são capazes de enxergar.

20 thoughts on “Cada um é o que é

  1. Perfeita reflexão, esse modelo não cabe em muitas pessoas, e nem elas querem.

  2. É isso, concordo plenamente!!!! Se não gostou o que viu no outro o problema é com vc. Não a ditadura da beleza, viva a beleza na particularidade de cada um!!!!
    Amei o texto, parabéns

  3. Uhuhuhuhuhu
    Viva a diferença! Viva a singularidade! Cada um com seu padrão, pois o que é belo pra mim, pode não ser belo para os outros. Parem de falar você está gordo, ou nossa como emagreceu, aprenda a cuidar da sua própria vida e repeite a vida do outro, ninguém merece certos tipos de comentários maldosos e desnecessário.

  4. Excelente. É exatamente dessa forma. Deixar que as pessoas vivam. E não impor nossos gostos nos outros e da mesma forma nós, não vivermos de acordo com o que a sociedade quer.

  5. Seja feliz consigo e saberia q nada vai lhe incomodar, não há problema em querer mudar , todos os dias penso no que mudar uma barriguinha , endurecer os clutios , ficar mais sarada , mais primeiro tento mudar a forma em que vejo as coisas, elas nem sempre parece o que são ,e os comentários maldoso eu deixo de lado, por que pra mim são pessoas vazias sem expectativas de vida e por isso tentam aniquilar a alegria dos outros .

  6. Muito obrigada pelos comentários!!! Fico feliz em saber que minhas palavras tocam as pessoas de alguma forma.

  7. Interpretação fiel do sentimento/opinião de muitas pessoas, que se aceitam exatamente como são.
    Muito bom, parabéns.

  8. Concordo plenamente, esse texto relata exatamente a realidade que estamos vivendo hoje.
    Por isso todos em busca de uma perfeição que não existe, um mundo de pessoas impulsionadas pelo que é mostrado nas redes sociais. É como um mundo de ilusões.

  9. Excelente reflexão.
    Por que não podemos nos aceitar da forma que somos, sem culpa, sem cobranças de um padrão de beleza que querem nos impor.
    Se ame, se aceite, seja você, seja feliz!!!
    Parabéns pelo texto!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *