Câmara de Osasco aprova LDO para o Exercício de 2023

Capa Política

A Câmara Municipal de Osasco aprovou as Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2023 e outros sete projetos, durante a 20ª Sessão Ordinária e a 5ª Sessão Extraordinária, realizadas nesta terça-feira (28).
O presidente da Câmara, vereador Ribamar Silva (PSD), convocou a Sessão Extraordinária para garantir que a LDO pudesse ser votada dentro do prazo fixado pelo Regimento Interno da Câmara, ou seja, o final do primeiro semestre.
Em mais de oito horas de trabalhos, os vereadores discutiram e votaram sete projetos, com destaque para a LDO e a Emenda à Lei Orgânica que torna impositivas as emendas parlamentares ao orçamento.
Aprovada em duas votações, com 14 e 16 votos favoráveis, respectivamente, a LDO é o documento que estabelece as metas e prioridades para o exercício fiscal do ano seguinte. O projeto aprovado prevê para 2023 um orçamento de R$ 4,73 bilhões – valor 15,9% maior do que o estimado para o exercício de 2022. As áreas de maior investimento a Educação (R$ 1,4 bilhão), Obras e infraestrutura (R$ 1,1 bilhão) e a Saúde (R$ 1 bilhão).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.