Coronavírus: Fortalecendo o sistema imunológico

Colunistas Erika Barbosa

Fonte: Revista Abrale Online

Devido aos casos frequentes do coronavírus, a doença que está se tornando uma grande preocupação em todo o mundo e mesmo que aqui no Brasil não é motivo de pânico, ter alguns cuidados podem ser de grande valia para passar por esse momento. E ficar de olho na imunidade é um ponto importante.

O coronavírus é uma família de vírus que pode causar infecções respiratórias, algumas delas leves, como resfriados e outras mais fortes, como os casos que estão sendo noticiados desde o início do ano.

Os principais sintomas desta doença são: febre, tosse, dor muscular, cansaço e falta de ar.

E além de todas as precauções de higiene que vem sendo reforçado diariamente, ter um sistema imune, facilita até numa possível recuperação.

Quer melhorar o sistema imunológico?

  A alimentação é importante! Adote essas dicas e dê resistência ao seu sistema imune.

  • Consuma todos os tipos de alimentos, especialmente frutas, verduras e legumes, eles auxiliam no bom funcionamento do corpo.
  • inhame por exemplo é um tubérculo que fortalece os gânglios linfáticos ajudando na limpeza do sangue.
  • Vegetais de cor verde escura, como brócolis e couve auxilia na produção dos glóbulos brancos, agentes de combate de invasores por conter excelente fonte de ácido fólico.
  • Alimentos amarelos e laranjas como ameixa, pimentão, laranja, cenoura, mamão etc, são ricos em vitamina C, betacaroteno e luteína que agem no sistema nervoso e influenciam diretamente no sistema linfático.
  • Preparações feito com o alho, além de dar sabor, melhora o sistema imune. Porque ele altera a quantidade de citocinas pró e anti-inflamatórias.
·         Além da alimentação praticar atividades físicas regula o funcionamento do corpo, reduzindo o estresse, que está diretamente ligado ao baixo funcionamento do sistema imunológico
·         Da mesma forma o descanso, dormir é essencial para que o corpo descanse, se recupere e regule suas funções, incluindo o sistema imunológico. Por isso, ao dormir pouco, o nível do hormônio do estresse aumenta (cortisol), reduzindo a capacidade defensiva do corpo.
·         E manter bons hábitos como não beber ou fumar ajuda, já que essas duas substâncias afetam negativamente todas as células do organismo e interferem em componentes responsáveis por estimular as respostas imunológicas.
·         Capriche na hidratação, beber pelo menos 2 litros de água por dia
  • A água funciona como um filtro para o corpo. Dessa forma, ajuda a eliminar as toxinas presentes no corpo por meio do suor e da urina.

Todos por uma só causa! faça a sua parte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.