Doutor Sato anuncia início da vacinação contra a Covid-19 para as crianças de 5 a 11 anos de Jandira

Capa Cidades

A prioridade será para comorbidades, deficiências, indígenas e quilombolas 

Comprometido com o avanço da saúde de Jandira, o Doutor Sato esteve, no final da tarde desta sexta-feira (14), na Secretaria de Saúde do município para receber as primeiras doses do imunizante pediátrico contra a Covid-19 e anunciar o início da vacinação infantil para crianças de 5 a 11 anos, que será na próxima segunda-feira (17), das 09h às 16h, em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade.

“Estamos preparados”, afirmou o prefeito, ao relatar que o município e os profissionais estão organizados para aplicar o primeiro lote de doses no público-alvo desta fase inicial de imunização.

Nesta etapa, a prioridade será para as crianças que sejam portadoras de deficiências, indígenas, quilombolas ou que pertençam ao grupo de comorbidades, conforme consideradas pelo Ministério da Saúde e classificadas abaixo:

·         Insuficiência cardíaca;

·         Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar;

·         Cardiopatia hipertensiva;

·         Síndrome coronarianas;

·         Valvopatias;

·         Miocardiopatias e Pericardiopatias;

·         Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;

·         Arritmias cardíacas;

·         Cardiopatias congênitas;

·         Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;

·         Talassemia;

·         Síndrome de Down;

·         Diabetes mellitus;

·         Pneumopatias crônicas graves;

·         Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3;

·         Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo;

·         Doença cerebrovascular;

·         Doença renal crônica;

·         Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos);

·         Anemia falciforme;

·         Obesidade mórbida;

·         Cirrose hepática;

·         HIV.

Seguindo as orientações do documento técnico, será necessária a apresentação de um laudo médico que comprove a condição, além da obrigatoriedade do CPF e cartão do SUS da criança.

O Doutor Sato aproveitou o momento para pedir que os munícipes continuem seguindo as orientações necessárias para combater a pandemia e incentivem as crianças a realizá-las: “lembrando que as medidas de segurança continuam valendo, como a utilização de máscaras, evitar aglomerações e lavar as mãos constantemente”, recomendou.

Para finalizar, ele celebrou o momento e reforçou seu compromisso com as crianças jandirenses também: “meus amigos, essa é mais uma grande conquista para as nossas crianças. Seguiremos lutando pela saúde, felicidade e bem-estar delas.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.