Feira de Ciências em Osasco destaca qualidade de ensino no município


o Prefeito Rogério Lins concretizou mais uma meta firmada em seu plano de governo. A feira de ciências que aconteceu no centro de formação dos professores reuniu as crianças da rede municipal de ensino, o nível dos trabalhos apresentados foi o grande destaque do evento


 

Com intuito de estimular os alunos a descoberta e ampliação dos conhecimentos científicos ampliando sua capacidade crítica e reflexiva, despertando a curiosidade sobre como os diversos fenômenos acontecem ao nosso redor, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação juntamente com a parceria do Instituto Ciência Hoje (ICH) realizou na última terça – feira, 27, a “Feira de Ciências – Desafios e Experiências” da Rede Municipal de Ensino.


A Feira contou com a exposição de diversos projetos desenvolvidos nas escolas de Ensino Fundamental (EMEF), além do “Show de Física”. O show traz uma série de demonstrações abordando diversos assuntos interessantes sobre Física. Supervisionados por monitores treinados que fizeram apresentações lúdicas, divertidas, dinâmicas, envolventes e interativa, permitindo que os estudantes contextualizassem, ampliassem o perfil científico.
Mostrando-se surpreso com o resultado dos projetos, o prefeito de Osasco, Rogério Lins disse que a Feira de Ciências integra seu plano de governo. Ele também parabenizou aos professores e apoios pedagógicos pelos projetos desenvolvidos. “Fiquei muito feliz em perceber a felicidade das nossas crianças, em exposições com muito conteúdo e qualidade apresentando ótimos trabalhos científicos. Os trabalhos apresentados aqui hoje estão no nível de alunos da sétima série. Parabéns a todos os profissionais da Educação que mais uma vez fizeram a diferença! Nossas crianças são nosso maior presente, e com investimentos numa educação de qualidade, terão certamente um futuro muito melhor”, afirma.

O prefeito Rogério Lins, o secretário José Toste e Alberto Passos do ICH

O físico e pesquisador Alberto Passos Guimarães Filho, presidente do Instituto Ciência Hoje e Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências, esteve presente no evento e falou sobre a missão do ICH e a importância da divulgação científica para a educação básica. “Temos clareza de que os textos de divulgação científica produzidos por cientistas especialmente para o público infantil podem contribuir para a educação em todos os níveis. Ciência Hoje das Crianças, em particular, tem aportado contribuições para o ensino fundamental, especialmente, mas não exclusivamente, na educação em Ciências”.
O cientista acompanhou de perto os experimentos dos alunos durante a Feira e as explicações científicas dos pequenos para os fenômenos expostos. “O que nós presenciamos neste evento, realizado com muito êxito em Osasco, é a alegria das crianças, desfrutando o prazer de aprender; a gostosa sensação de poder explicar e compreender tantos fenômenos maravilhosos. Acredito que o evento abre as portas para que muitas crianças percebam que elas podem seguir uma carreira científica”, conclui.

A Feira teve aprovação total dos familiares, assim relatou o biólogo Matheus Camargo de Siqueira, pai da aluna Anna Paula Cintra Lopes C. de Siqueira – 2° ano B; da EMEF Marechal Bittencourt, que avaliou a experiência cientifica como um momento importante para as crianças.  “Excelente a iniciativa da Prefeitura de Osasco, pois sabemos que apenas as escolas particulares realizam este tipo de ação.  A Feira é importantíssima, pois aguça a curiosidade dos futuros profissionais de áreas diversas”.


O projeto que antecedeu a Feira de Ciências propiciou o elo entre comunidade e escola, dessa forma, o biólogo teve um envolvimento junto às crianças que desenvolveram luminárias alusivas à dengue, além da polinização das flores. “Durante o projeto levei meu próprio material biológico como larvas, pupas e mosquito Aedes aegypti que consegui aqui na zoonose da cidade. E também microscópio e algumas lupas que adaptei para as crianças visualizarem com facilidade o material tanto animal como vegetal”, explicou Matheus.

Rogério Lins ao lado da vice-prefeita Ana Maria e do secretário de Educação José Toste

Projeto Ciência Hoje Digital
Os alunos e docentes das EMEFs receberam, em 2018, acesso a um ambiente digital com centenas de conteúdos temáticos da revista Ciência Hoje das Crianças – única publicação de divulgação científica para crianças escrita por pesquisadores – organizados em conformidade com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), como forma de possibilitar o planejamento de atividades na sala de aula em diferentes disciplinas.
O Secretário de Educação, José Toste Borges, explicou que o ambiente digital também ofereceu aos professores o curso “A BNCC e o Pensar Científico na Escola”, na modalidade à distância. “É um curso concebido nos princípios, fundamentos e aprendizagens essenciais da Base e que apresenta um caráter prático com propostas de atividades, projetos ou sequências didáticas, sugerindo ou ilustrando como os docentes podem trabalhar determinadas competências ou habilidades. Com o curso, mais de 2 mil educadores tiveram a oportunidade de enriquecer sua formação e criar novos caminhos para desenvolver projetos com seus estudantes, em consonância com a Base Nacional”, concluiu o secretário.
A diretora pedagógica do ICH, María Del Carmen Chude, ressaltou que as produções exibidas na Feira de Ciências são indicadores da qualidade do trabalho dos educadores e alunos que desenvolveram seus projetos a partir do acervo do ambiente digital do projeto; destacando o quanto isso representa para a rede municipal no que se refere à incorporação de Tecnologias no processo educacional. “São as pessoas que, apropriando-se da ciência e da tecnologia, transformam a educação e a realidade em que vivem. A tecnologia por si só não faz a diferença. Este projeto conectou pessoas em torno do desafio de fazer acontecer à educação científica, inserindo a escola pública de Osasco na cultura digital”, afirmou.

Premiação
Durante a Feira de Ciências foi realizado o “Prêmio Melhores Práticas”, uma ação com caráter pedagógico e que visa identificar, incentivar e divulgar experiências educativas de qualidade, planejadas e executadas pelos docentes participantes do projeto “Ciência Hoje Digital”, sendo uma ação que valoriza o trabalho docente e dissemina as práticas educativas desenvolvidas nas unidades educacionais. Os professores tiveram até o último dia 12 de novembro para inscreverem seus projetos, de forma opcional. Foram premiados 5 projetos selecionados dentre os inscritos, que receberam como prêmio um vale cultural no valor de R$ 1.000,00 (mil reais). O trio gestor da EMEF Marina Von Puttkammer Melli, na ocasião foi contemplado com o vale por liderar o ranking de professores que concluíram o curso e pelo engajamento no projeto.

 

Professores e Projetos Premiados
• EMEF Benedicto Weschenfelder
Projeto – “Descobertas, construções e tecnologias: o novo impacto e a importância do material concreto na matemática do ensino fundamental”
Professora – Márcia Pereira de Souza

• EMEIEF Francisco Manuel
Lumbrales de Sá Carneiro
Projeto – “Bactérias de estimação”
Professora – Rosemeire Cássia da Silva

• EMEF Doutor José Manoel Ayres
Projeto – “Janelas para o mundo”
Professora – Caroline Rodrigues Leal

• EMEF Doutor José Martiniano de Alencar
Projeto – “Ciclo da água; formação na nuvem”
Professora – Luciana Leme Borin

• EMEF Professor José Larizatti
Projeto – “Formando crianças saudáveis: uma parceria entre escola e família”
Professora – Márcia Aparecida Dalbello Vetore

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here