Mães que Ferem

Colunistas Talita Andrade

Essa semana alguns acontecimentos e conversas com amigos, me chamaram atenção para estudar um assunto estritamente delicado: Mães Tóxicas, Abusivas e Narcisistas

Quando falamos de relacionamento abusivo, rapidamente associamos a uma relação amorosa entre casais, o que é muito comum, infelizmente!

Porém, trago hoje um tema que pode ser a situação de muitos filhos, seja homem ou mulher.

Vamos entender um pouco como funciona a relação de Mães Abusivas:
A mãe abusiva usa de sua autoridade para dominar os filhos. Se sente superior, os desrespeitando e desvalorizando. Embora seja um comportamento impróprio, não assume responsabilidade do que diz ou faz, muito menos pelas consequências de suas atitudes. Age de forma inversa às suas exemplificações de valores e crenças.
Nunca está satisfeita ou agradecida pelo que os filhos fazem e faz questão de exibir opiniões contrárias, ofensivas e desqualificadoras.
Quando se sentem coagidas e oprimidas, costumam fazer chantagens emocionais, ameaças e escândalos. Nessas situações, agem como vítima de uma grande injustiça, demonstrando fragilidade e insegurança, colocando o filho como vilão. Nessa hora convém dar poder ao filho para manipular a situação e fazê-lo se sentir culpado. Não pensa duas vezes antes de mentir para sensibilizá-los. Tem habilidade em inventar situações para obter apoio e despertar pena, criando um cenário completamente desfavorável a ela, a colocando como a pessoa mais maltratada do mundo.
Quase nunca admite responsabilidade de seus atos, e quando é desmascarada ou questionada, ataca e culpa os filhos pelas suas próprias falhas e vulnerabilidades, seja de caráter, atitude ou comportamento.
É muito comum também, essas mães competirem com os filhos, em termos profissionais, intelectuais e matrimoniais.
Se você se viu em mais de uma das situações acima, passe a olhar com mais cuidado para a relação que você tem com a sua mãe.

Precisamos entender que o fato de sermos filhos, não nos obriga a aceitarmos o ambiente tóxico e manipulador que essas mães criam. É uma relação negativa, destrutiva e triste. Infelizmente, filhos de mães abusivas, são inseguros, instáveis, depressivos e com grande sentimento de rejeição. E se você não encontrar uma maneira de cortar o poder sobre você, os reflexos disso irão atrasar sua vida em diversas áreas.
Não sou especialista no assunto. A maioria dos exemplos expostos neste artigo são de cunho e experiência pessoal, de uma filha de mãe abusiva.

Me coloco a disposição para quem precisar conversar, e sugiro ler mais sobre o assunto, caso ele tenha te tocado.

Minhas redes sociais: @AutoraTalitAndrade (Facebook e Instagram). E-mail: autoratalitandrade@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *