Minha mãe televisão

E ainda estou traumatizado com a saída do Ronnie Von da Gazeta. O bom é que o apresentador tem espaço em qualquer emissora. O Ronnie é gigante. Quem perdeu com tudo isso foi a Gazeta.

 

Se tem um lado bom…

Minha mãe ficou feliz que o programa “Cozinha Amiga” voltou ao período da tarde. Colocar essa atração tarde da noite foi um dos maiores erros da Gazeta.

E ela gritou da sala que adorou mesmo.

Aproveitando…

Tenho muito medo quando emissora de rádio diz que está reformulando sua programação. Acabam com emissoras e causam muitas demissões. Triste.

Ainda sobre minha mãe…

Eu quase não assisti, mas minha mãe está curtindo a reta final de “Verão 90”, Globo. Pena que a trama não foi melhor.

Mudando de assunto…

Neste domingo voltou o simpático “Ding Dong” dentro do “Domingão do Faustão”, Globo. Minha mãe ficou muito feliz com a participação dos “Amigos”, Zezé di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó e Leonardo. Ainda hoje escuto os primeiros CDs dos shows. Eu ainda escuto muito CD.

E bem legal ver grandes cantores no programa. Música sempre cai bem.

E gosto de repetir algumas coisas.

Paula Fernandes continua sendo uma das pessoas mais invejadas neste meu Brasil maluco.

Ainda sobre o Faustão…

Acho engraçado quando ele não entende a “Vídeo Cassetada” e fala uma coisa que não tem nada a ver. O apresentador é muito bom. Não está tanto tempo no ar à toa.

Só para avisar, estou escrevendo e assistindo “Bela, A Feia” na Record ao mesmo tempo. Ótima!

E aquele fato continua, o sujeito não assiste televisão, mas vive mandando trecho de programas em grupos no celular.

E quase não tenho falado, mas “Topíssima” está muito bem na Record.

Acho engraçado, vídeos velhos da internet que voltam do nada. E o povo comenta como se fosse uma grande novidade.

 

Voltando para minha mãe…

Dona mamãe tem um bom faro para dizer quem vai ou não fazer sucesso. Ela é boa nisso. Ela já previa o sucesso da sensacional Rebeca Abravanel.

Novamente aproveitando…

Gosto quando minha mãe diz que ela viu aquele moço que eu admiro. O moço é o Nando Reis.

E para fechar…

Saudade do Mussum.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here