“Não sinto raiva, nem rancor. O que mais sinto é medo”, diz mulher que levou 7 tiros do ex-marido em Barueri

Capa Cidades

Samantha Silva dos Santos, 32, sobreviveu à tentativa de feminicídio pelo ex-marido, Thiago Augusto, que em novembro passado, em Barueri, disparou sete vezes contra ela. Em entrevista à Record TV, a mulher relatou que sua vida mudou desde então.

Com Thiago foragido, ela se mudou de cidade, vive escondida com o filho e hoje, traumatizada, só sai de casa se estiver acompanhada. Samantha, que diz não guardar rancor do ex-marido, afirmou que o único sentimento em relação a ele é o medo de uma nova tentativa de assassinato, e deu detalhes sobre o crime.

“Ele perguntou por que eu estava maquiada daquele jeito. Falei pra ele que não tinha nada a ver uma coisa com a outra, e falei que tinha que sair porque estava atrasada para ir trabalhar. Foi a hora que ele subiu na moto, deu a volta e começou a disparar”, contou a mulher, que à época já estava há quatro meses separada. Para sua sorte, nem um dos sete tiros atingiu órgãos vitais.

Samantha foi baleada pelo ex-marido

Quando os policiais chegaram ao local, ela ainda conseguiu avisar que estava com a medida protetiva em sua bolsa. Antes de cometer o crime, o homem a ameaçou diversas vezes – por conta disso, ela registrou dois boletins de ocorrência de ameaça e conseguiu sua medida protetiva. Thiago não aceitava o fim do relacionamento, segundo ela.

Embora Thiago nunca tenha sido punido e esteja foragido, Samantha reforça não ter raiva do ex-marido. “Não sinto raiva, não sinto rancor. O que mais sinto é medo”, conta ela.

Vivendo com o trauma, Samantha diz que atualmente conta apenas com a família, e aconselha outras possíveis vítimas a fazerem o mesmo: “Não deixem de dividir essas situações, porque eles (família) são as primeiras pessoas a nos apoiar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *