Osasco oferece aulas de dança de salão online para idosos

Capa Correio 2

A Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer (Serel), da Prefeitura de Osasco, oferece semanalmente aulas de dança de salão, de forma online, transmitida pelo Facebook as sextas-feiras às 10h, e em seguida presencialmente seguindo todos os protocolos de segurança. Os ritmos ministrados são forró, gafieira, bolero, salsa, zouk, merengue, soltinho, tango, samba rock, sertanejo, chachacha, entre outros.

Existe também o grupo de competição, que está em constante treinamento online, formado por 4 casais, divididos em quatro categorias. O senhor Vicente e sua parceira Cidinha representam a categoria mais de 80 anos. Em 2019 foram campeões dos Jogos Regionais do Idoso (Jori).

“Nos meus 85 anos me sinto honrado em poder representar minha cidade, Osasco, nas competições de dança de salão. Vejo uma grande oportunidade em poder mostrar como envelhecer bem mental e fisicamente, usufruindo sempre do convívio social”, disse Vicente.

A responsável pelos treinamentos é a professora e coreógrafa Erika Sant Anna que iniciou em 2016 como professora de dança de salão em Osasco, assumindo em 2017 o treino dos casais que representam a cidade nos campeonatos dançantes.

No mesmo ano conquistou a primeira medalha de ouro em um dos mais importantes torneios do estado de São Paulo: Jogos Regionais do Idoso, com a dupla Mario e Odaleia, na categoria mais de 70 anos.

Erika iniciou seus estudos em 1999 na escola de dança ART&SOM em São Paulo, e ao longo dos anos foi se especializando em outros ritmos. Ela também é formada em direito e gerontologia, especializada na área do processo de envelhecimento saudável. Em seu currículo carrega títulos em campeonatos municipais, somando 15 medalhas, sendo 6 de ouro, 7 de prata e 2 de bronze.

“Dançar pode até ser fácil, mas é necessário treino, repetições, análises e muita dedicação. Iniciamos o treino online em março, situação em que eu como técnica tive que me reinventar para manter os casais preparados no meio de uma pandemia”, explicou a técnica.

“Dança de salão desperta nos idosos motivação para a vida. É impressionante assistir o vigor e a elegância dos participantes. Nossa intenção é ampliar o atendimento nos bairros não só de dança competitiva, mas recreativa também”, anunciou o secretário de Esporte, Rodolfo Rodrigues Cara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *