Osasco prorroga quarentena até o dia 10 de maio

Capa Cidades

A Prefeitura de Osasco divulgou na Imprensa Oficial de 22/4 o Decreto nº 12.437, que prorroga a quarentena no município até 10 de maio. A quarentena é uma das medidas para conter a disseminação do coronavírus. O prefeito de Osasco segue orientação do governo do estado, que ampliou o período pela segunda vez em todo o estado de São Paulo.

A quarentena no município sofreu algumas alterações em relação ao decreto anterior, de 23 de março. Os estabelecimentos de atividades essenciais têm autorização para manter o funcionamento. Fazem parte dessa autorização, os setores de produção, armazenagem, distribuição, comercialização e entrega, realizados presencialmente, exceto para consumo local, ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, farmacêuticos, óticos, higiene, alimentos e bebidas, a exemplo de farmácias, hipermercados, supermercados, mercados, feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência e bancas de jornal (exceto para a venda de bebidas alcoólicas), lojas de venda de água mineral, padarias e lojas especializadas na venda de artigos médicos, odontológicos, ortopédicos e hospitalares.

O decreto também define a criação do Comitê COVID-19, com competência de autorizar ou indeferir, mediante ato próprio, o funcionamento de estabelecimentos não expressamente definidos. A decisão do Comitê quanto ao funcionamento do estabelecimento será baseada em normas e recomendações técnicas quanto à prevenção da disseminação do coronavírus.

Também caberá ao Comitê fornecer subsídios técnicos e científicos ao Poder Executivo, com intuito de manter ou revisar as medidas adotadas no cumprimento da quarentena no município.


ATENDIMENTO A CASOS SUSPEITOS

A Prefeitura definiu os seguintes locais para atendimento a casos suspeitos de coronavírus:

UPA Centro (Rua Aymoré de Mello Dias, 51 – Centro), UPA Menck (Av. Alberto J. Byington, 822 – Vila Menck), UPA Conceição (Rua Pernambucana, 385 – Conceição), UBS Vila dos Remédios (Rua Santo Ubaldo, 100 – Remédios), UBS Quitaúna (R. Mal. Edgar de Oliveira, 800 – Quitaúna), UBS Aliança (Avenida Bandeirantes, 550 – Aliança), UBS Portal D’Oeste (Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 100 – Portal D’Oeste), UBS Vila da Justiça (Avenida Clóvis Assaf, 460 – Conceição), UBS Novo Osasco (Rua Teófilo Munhoz Vaqueiro, 60 – Jardim Novo Osasco), Centro de Convivência Edmundo Campanhã Burjato – crianças e adolescentes até 19 anos (Rua Tomás Antônio Gonzaga, 250 – Cipava), e Centro de Atendimento ao Idoso – idosos com idade superior a 60 anos (Rua R. Atília Delbon Biscuola, 927 – Presidente Altino).

Os casos considerados moderados ou graves serão encaminhados para os Centros de Terapia Intensiva, instalados nos Prontos-Socorros do Santo Antônio e Osmar Mesquita. A cidade também montou o Hospital de Campanha na Policlínica zona Norte para atender aos casos moderados e graves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *