Paula Canazza precisa de ajuda para continuar alimentando e tratando de cães

Capa Cidades

Contribuiu: Rodrigo Silva

Com a pandemia do COVID-19 é inevitável que a questão econômica acabe afetando a todos e para as Ongs, Projetos Sociais, não é diferente dado que a maioria depende da ajuda de terceiros e pessoas solidárias a causa.

Com mais de 7 anos na causa animal, a protetora independente Paula Canazza relata que as dificuldades financeiras neste tempo de pandemia cresceram muito. “Basicamente 80% das nossas doações são oriundas de pessoas comuns, e com a pandemia as nossas doações caíram assustadoramente, ração ainda temos por um tempo , pois recentemente foi o meu aniversário e fiz uma campanha pedindo como presente ,porém tenho sobre a minha responsabilidade mais de 100 animais entre cães e gatos, e em breve esta ração também vai acabar, além disso temos as mais variadas despesas que vai desde o pagamento de funcionários a compra de material de limpeza, veterinário, resgate e etc. Saliento também que os pedidos de adoção caíram muito e o de abandono cresceu demais, isso me entristece”, comenta a protetora.

Paula Canazza é protetora desde 2013 teve seu trabalho de proteção animal na região de Cotia e Osasco junto ao seu marido que faleceu no ano passado. Hoje mora em Mairiporã em um sítio onde abriga os animais. São mais de 100 animais e é muito respeitada no meio da proteção animal. Ela foi homenageada em 2019 na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo como uma das maiores protetoras da Causa Animal do Estado de São Paulo.

Para ajudar esta causa, você pode fazer uma doação em dinheiro:

Caixa Econômica Federal

Favorecido : Paula Canazza da Silva

Agência: 1103

Operação: 013

Conta Poupança: 0827-8

CPF: 302.485.308-10


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *