Projeto de defesa da mulher vítima de violência de Gerson Pessoa é aprovado na Alesp

Capa Política

A última semana foi especial para o deputado estadual Gerson Pessoa, que teve o projeto 1157/236 aprovado em sessão da Assembleia Legislativa de São Paulo. A iniciativa, de autoria dos deputados da bancada do Podemos na Alesp, estabelece prioridade da inclusão da mulher, vítima de violência doméstica nos programas de geração de emprego e de renda, gerenciados e/ou financiados pelo Governo Estadual.

“A Lei ‘Maria da Penha’, que dispõe sobre os mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, em seu artigo 3º, assegura às mulheres as condições para o exercício efetivo dos direitos à vida, à segurança, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, à moradia, ao acesso à justiça, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar comunitária.

Desse modo, é importante que o governo, em sintonia com a Lei Maria da Penha, aja com o máximo de acolhimento para as vítimas de violência doméstica, devendo buscar ferramentas e condições de emprego e renda às mulheres que, em sua maioria, permanecem na companhia do agressor em razão de dependência econômica”, manifestou a bancada.

“A gente sabe que a dependência econômica se apresenta como um grande obstáculo para romper com a situação de abuso. A ausência de solução ao problema de moradia e fonte de renda para a mulher vítima de violência doméstica pode ser crucial na decisão das vítimas a continuar numa relação violenta. Sendo assim, é necessário que o Poder Público se solidarize com tal questão e crie políticas públicas de acesso à justiça para essas mulheres”, complementou Gerson Pessoa.

Agora o projeto segue para análise do governados Tarcísio de Freitas e, se sancionado, vira lei e marca um avanço na promoção da mulher vítima desse crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *