Reabertura da Loja Armarinhos Fernando preocupa Secor

Capa Cidades

Desde o dia 21/5, a loja Armarinhos Fernando, localizada na Rua Antônio Bernardo Coutinho em Osasco abriu ao público, através de liminar na justiça, e vem causando aglomerações diariamente e colocando em risco tanto a saúde dos trabalhadores quanto dos clientes!

O Secor (Sindicato dos Empregados no Comércio de Osasco e Região) é contra a reabertura da loja neste momento. “Não há um controle efetivo das filas para evitar que muitas pessoas circulem ao mesmo tempo dentro da loja, além das pessoas estarem se aglomerando na rua antes mesmo da loja abrir! Isso vai na contramão das orientações da Organização Mundial da Saúde e do trabalho que a cidade de Osasco vem realizando”, afirma uma nota do Sindicato. “O momento é de cuidado, já que estamos lidando com nossas vidas e é preciso lembrar que Osasco é a segunda cidade com maior número de mortes do estado de São Paulo e os números não param de subir!”

O Sindicato orienta às pessoas saírem de casa em casos de extrema urgência, apenas às compras de produtos essenciais (alimentação, higiene e medicamentos), em estabelecimentos que estejam oferecendo álcool em gel para os clientes e trabalhadores, além de manter o distanciamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde, que é de 2 metros. “Você, trabalhador, que está na linha de frente dos atendimentos de mercados e lojas essenciais, denuncie se não cumprirem com as orientações de saúde, como: uso de máscaras e luvas, higienização das mãos com frequência, manter distanciamento das pessoas, controle de quantidade de pessoas dentro da loja!”, finaliza a nota do Secor.

2 thoughts on “Reabertura da Loja Armarinhos Fernando preocupa Secor

  1. As lojas não devem permitir a entrada de mais de uma pessoa da mesma família!!!
    Se você precisar sair, use máscara, de preferência saia sozinho, não levem crianças, elas são mais sensíveis ao vírus, por não apresentarem os sintomas, elas podem transmitir para qualquer outra pessoa, e, também, idosos fiquem em casa, se protejam!!!

  2. Os açougues, distribuidores de bebidas e mercado estão cheios de aglomerações de risco epidemico e o jornal e sindicato faz acepcao de quem abre e quem fale.
    Aumenta a orientação nas lojas ,coloca regras e reabre os comércios, se todos estão abertos e orientados acaba as aglomerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *