Rubens Furlan é reeleito em Barueri

Destaque Política

Rubens Furlan com 55% das urnas apuradas e mais de 85% de votos está reeleito prefeito de Barueri. Ele comandará a cidade pela sexta vez.

Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Osasco, do Centro Universitário FIEO. Atualmente foi reeleito prefeito de Barueri. Furlan é casado com Sônia Dias Furlan e pai de quatro filhos, Priscila Furlan, Rubens Furlan Junior, Felipe Furlan e a deputada federal Bruna Furlan. Antes de entrar para a carreira política já foi vendedor de doces, balconista, jornaleiro, engraxate e taxista.

A carreira política de Rubens Furlan, começou em 1976, aos 24 anos de idade, filiado ao MDB, é eleito vereador da cidade de Barueri, o mais bem votado daquela eleição, com 570 votos, tomando posse em 1977, para um mandato de seis anos. Em 1979, é eleito por seus pares Presidente da Câmara Municipal, para o biênio 1979-1981.

Em 1981, concluiu o curso de Direito, pela Faculdade Integrada de Osasco. Nas eleições de 1982, 30 422 eleitores foram às urnas para eleger o prefeito que comandaria a cidade até o ano de 1988: Furlan, visando a dar o maior passo de sua carreira política, lançou-se candidato à Prefeitura. Numa eleição bastante concorrida, com doze candidatos, Furlan foi eleito, recebendo 12 749 votos, quase três vezes mais que o segundo colocado, Alcides Munhoz, do PTB, que recebera 4 373 votos. Em sua gestão à frente da Prefeitura, criou a Guarda Civil Municipal. Foi condecorado cidadão benemérito de Santana de Parnaíba, em 1987, e de Barueri, Pirapora do Bom Jesus e Itatinga, em 1988.

Com a carreira já consolidada, Furlan elegeu seu sucessor, Bel Correia, nas eleições de 1988. Nas eleições de 1990, Furlan elegeu-se deputado estadual com a quarta maior votação do estado, garantindo a representação da região de Barueri na Assembleia Legislativa de São Paulo. Renunciou ao mandato de deputado estadual, pois nas eleições municipais de 1992 foi eleito para o segundo mandato à frente da Prefeitura de Barueri.

Eleição para a Câmara do Deputados

Em 1995, Furlan deixou o PMDB e se transferiu para o PFL (atual Democratas). Por esse partido, foi eleito deputado federal por São Paulo, nas eleições de 1998, com a terceira maior votação do estado e a quinta maior do País. Em fevereiro de 1999, assumiu o mandato, tornando-se vice líder do PFL na Câmara. Ao longo do mandato, Furlan participou de comissões importantes, como: Constituição e Justiça e de Redação: Suplente (2000–2001); Desenvolvimento Urbano e Interior, como presidente, primeiro vice-presidente e titular; Direitos Humanos, como titular (1999–2000); Finanças e Tributação, como suplente (2001–2002); Fiscalização Financeira e Controle, como titular (1999–2000); Relações Exteriores e de Defesa Nacional, como titular (2001–2002); Seguridade Social e Família, como suplente (1999–2000). Em 1999, trocou novamente de partido, deixando o PFL e filiando-se ao PPS, de que passou a ser vice-líder na Câmara, entre 2000 e 2001.

Terceiro e quarto mandatos na Prefeitura

Concluído seu mandato, em fevereiro de 2003, Furlan lançou-se pela terceira vez como candidato a prefeito de Barueri, nas eleições de 2004, numa coligação formada por quinze partidos, que recebera o título “Barueri Cada Vez Melhor”. A coligação foi eleita com 107 887 votos para comandar a cidade pelos quatro anos seguintes. Em 2006, Furlan retornou a seu primeiro partido, o PMDB, e, em 2008, foi reeleito prefeito para seu quarto mandato.

Quinto mandato na Prefeitura

Em 2014, trocou de partido pela quinta vez, deixando o PMDB, e filiando-se ao PSDB, do governador do Geraldo Alckmin, sendo eleito prefeito, com 143 250 votos, nas eleições de 2016.

Eleições 2020

Em convenção partidária realizada em 5 de setembro de 2020, na Câmara Municipal de Barueri, teve seu nome oficializado como candidato à reeleição, com o apoio dos seguintes partidos: Avante, Democratas, PCdoB, PDT, PL, PRTB, PSC, PSL, PTB, PTC, Republicanos e Solidariedade, que juntos formarão a coligação “Barueri no Caminho Certo”. Rubens Furlan vai em busca de seu sexto mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *