Todo Dia é Dia de Televisão

E ouvi a Fabíola Reipert falando o que eu sempre falo. Não entendo nada o que a Tatá Werneck fala. É uma boa comediante e muito criativa, mas não entendo.

Não tem nada a ver, mas…

Aqui onde eu moro, periferia, na medida do possível está tudo normal (ou não deveria ser normal). Muita gente na rua. 

Falando do “Big Brother20” que eu não assisto…

Continuo torcendo sempre pelo personagem que é odiado nas redes sociais. Acho engraçado que o público ama e deixar de amar com muita facilidade. É estranho.

E você já assistiu uma live do seu artista predileto hoje?

Famosos ligam câmeras do celular e ficam conversando entre eles. Não seria mais fácil um ligar para o outro?

Sem falar dos famosos que ficam fazendo ginástica ao vivo.

Outra coisa nada a ver?

Alguns (malucos – mas respeito opiniões) querem a volta da ditadura, mas estão reclamando de ficar em quarentena. Povo bem incoerente.

Engraçado, o povo na quarentena ressuscita até piadas velhas nas redes sociais. Coisa de louco.

E só para avisar…

Minha mãe continua discutindo e brigando com participantes do “Roda a Roda”, SBT. Ela fica indignada quando uma pessoa erra algo óbvio.

Sou jornalista, faço mais coisas na área esportiva. Mas sou jornalista sempre. E sempre serei. Acho engraçado quando programa esportivo diz que vai abrir espaço para o jornalismo. Coisa de louco.

Emissoras de televisão têm um arquivo enorme. Poderiam reprisar tanta coisa legal. Uma pena ficarem o dia todo mostrando doença. Que é importante, mas não é tudo. Diversão sempre ajuda.

Já para quem está cansado da televisão…

Indico o YouTube. Tem de tudo. Outro dia, assisti a Retrospectiva da Globo do ano de 1991. Eu adoro assistir essas coisas antigas.

Sobre Cazuza mesmo, acho que já assisti de tudo. Tudo que existe.

Aproveitando…

Neste sábado, 04 de abril, Cazuza completaria 62 anos. O cara faz falta.

Só para avisar, dia nove é o meu aniversário. Aceito presentes.

Já falei, mas não canso de repetir. Jamais vou ofender uma autoridade. Sempre tive muita educação.

E minha saudade vai para…

João Araújo (pai de Cazuza).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here