Vida de Televisão

E terminou mais uma temporada de “Sob Pressão”, Globo. Uma ótima série. Acho que só não gostei de um episódio este ano.

O último foi bem legal, não tão intenso, mas legal. Nas primeiras cenas tentou ser politicamente correto. Poderia ter evitado. Pelo menos mostrou que quando uma pessoa quer matar, qualquer objeto vira arma. Até uma ferramenta para trocar pneu.

Saindo um pouco da televisão, mas nem tanto…

Vejo muito jornalista incomodado com o que torcedor grita na arquibancada. Eu jamais me ofendo, e jamais vou reclamar. Não me ofendo a toa.

E ficam incomodados com os gritos mais bobos. Os graves mesmo, quase ninguém cita. Eu trabalho dentro de campo e sei o que estou falando. Tem até ameaça de morte.

E outro dia…

Li que o futuro da Gazeta é preocupante. Também acho. São poucos programas da casa, e os que têm são todos iguais. Cozinha, fofoca e dicas de saúde. Só isso.

Mudando de assunto…

E eu achava que defender bandido era apenas coisa de novela. Em algumas tramas até torcemos pelo vilão.

E eu estava assistindo alguns programas antigos.

Algumas pessoas importantes para o Brasil estão sem espaço. Isso me assusta. Um que não aparece tanto e é importante demais é o Nelson Motta. De importância fundamental para nossa música.

Falando do rádio…

A Transamérica FM de São Paulo vem passando por uma reformulação em sua programação. Espero que para melhor. Tenho muito medo dessas mexidas.

Ontem fiquei feliz. Não anunciaram, mas deram entender que o locutor Laércio Maciel vai trabalhar na casa. Ele é demais. E gente boa. Antes de mudarem tudo, ele era o grande destaque da Rádio Globo.

Ainda não falei, mas “Bela, A Feia”, Record, está sensacional em sua reta final. Imaginei o sucesso que ela faria na Globo ocupando o horário das 19 horas.

Aproveitando…

Terminou “Verão 90”, Globo. Apenas isso. Não sei o que falar.

E eu sempre cito que minha mãe gosta de programas de culinária. Mas não de todos. Ela curte aqueles com receitas mais simples. Uma boa dica para algumas emissoras de televisão.

Você não tem nada a ver com isso, mas…

Quando pequeno, eu tinha vontade de ir ao programa da Angélica no SBT e do Atchim e Espirro na Gazeta. Por sinal, não lembro se é o Atchim ou o Espirro, um deles é primo de meu chefe no rádio. Jesus.

Eu tinha o disco do Atchim e Espirro.

Para fechar…

Saudade do Luiz Ricardo interpretando o Bozo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here