Doria anuncia investimentos no Hospital Regional de Osasco

Capa Política

O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, lançaram nesta sexta-feira (27) o “Melhor pra sua Saúde”, um amplo programa de modernização e ampliação de hospitais e unidades estaduais de saúde, englobando reformas, revitalizações e renovação do parque tecnológico até 2020. O investimento total será de R$ 819,1 milhões. “Vamos investir, nestes dois anos, R$ 230 milhões para melhorar a estrutura de unidades de saúde, o que deve incrementar a capacidade instalada dos serviços e, consequentemente, a qualificação da assistência. Os R$ 589 milhões restantes serão destinados a melhora do parque tecnológico e revitalizações em outras unidades”, declarou Doria.

A programação para reformas abrange 31 unidades em diferentes locais do Estado. Apenas em 2019, serão investidos R$ 90 milhões.

Os hospitais considerados “pontos cardeais” foram priorizados na lógica adotada pela Secretaria de Estado da Saúde, considerando a importância de regionalizar e homogeneizar o acesso à saúde. Na Grande São Paulo, o Regional de Osasco foi contemplado. O “Melhor pra sua Saúde” também prevê revitalizações rápidas, com pinturas de fachadas, interiores, revisões nas instalações elétricas, hidráulicas e de gases medicinais para conservar os ambientes hospitalares com intervenções de até uma semana, em média.

Cada unidade passará por reformas de acordo com necessidades específicas, que poderão abranger, por exemplo, reforma e impermeabilização de telhados, cozinhas, climatização de centro cirúrgico, UTIs, centros de material esterilizado e renovação de redes de energia e esgoto.

Além disso, a Secretaria aprimorou os contratos de manutenção predial, que passarão a prever a gestão/operação da engenharia clínica, contribuindo para durabilidade e disponibilidade de equipamentos hospitalares. O recurso bianual para esta finalidade será de R$ 167,6 milhões, dos quais R$ 79,6 milhões em 2019. “Com este programa, vamos investir mais de R$ 819 milhões em obras e equipamentos para garantir não apenas conforto, mas sobretudo qualidade na assistência”, afirmou o Secretário de Saúde.

As obras também compõem as medidas de obtenção do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) para unidades com processos em curso e incluem formação e treinamentos de brigadas de incêndio, além de manutenção do sistema de combate e prevenção a esse tipo de ocorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *