Amor de adolescência: Casal se reencontra depois de 20 anos através das Redes Sociais

Capa Colunistas Talita Andrade

“A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.” – Vinicius de Moraes.

A história da Roberta Reis e Fernando Araújo começou lá em Novembro de 1999, há exatos 22 anos.

Roberta tinha 14 anos quando viu o Fernando no shopping em que estava comemorando o aniversário de sua amiga. Ela se sentou num banco e o rapaz se aproximou para conversarem. Bateram um bom papo e trocaram telefone, que na época era residencial.

Eles tinham uma diferença de idade de 7 anos, e para o amor a idade é irrelevante, mas não para os pais. Após dois dias, a garota ligou de um orelhão, e o eles mantiveram essa forma de contato, por dias, até que ele a encontrou na saída da escola e deram o primeiro beijo.

Fernando chegou a pedir Roberta em namoro para seus pais, uns 2 meses depois, mas eles não permitiram por conta da diferença de idade. Mesmo assim, o contato durou aproximadamente 1 ano.

“A Roberta sempre foi linda, um ser humano incrível. Apesar da pouca idade na época, ela sempre foi muito madura, decidida. Me recordo como se fosse hoje, olhei para ela e pensei…encontrei a mulher da minha vida. Todo encontro era uma grande aventura, pois nos encontrávamos escondidos dos pais dela. Um dia, ela estava na praia do Guarujá, e me desloquei da capital para ir vê-la, mesmo que por poucas horas.” Relembra Fernando.

A vida seguiu para os dois, separadamente. Ambos cresceram, se formaram, construíram suas famílias. Roberta se tornou fisioterapeuta e renomada fotógrafa, teve um filho lindo, o João, entretanto, não teve sucesso no relacionamento. Fernando, se tornou Engenheiro Civil, teve uma filha linda, a Clara, e também não teve sorte no amor.

Roberta sempre procurou por seu nome nas redes sociais, mas nunca o encontrou. Fernando fez um Facebook para procura-la, e quando a encontrou, ela estava focada em estudos para passar em medicina. Nada aconteceu.

Entretanto, após quase 2 anos ele retomou o contato, conversaram bastante, saíram para jantar e até hoje estão juntos.

“Tudo acontece da forma como tem que ser, apesar de desejar que tivesse sido diferente, acredito que precisávamos resgatar algumas coisas nesta vida para depois nos reencontrarmos com nossas missões cumpridas, para sermos felizes para sempre. Após nosso reencontro, me lembrei de umas anotações de um profeta que eu tinha consultado meses antes, achei o papel e lá estava escrito: “Reencontro, com alguém com a letra F, engenheiro civil, 42 anos, 1 filha, e LIVRE!”. O vidente escreveu bem grande: ELE TE QUER! Quando eu reli o papel, não acreditei!”, diz a Fotógrafa.

A internet tem uma má reputação em relação ao mal que costuma criar na vida das pessoas. Ódio, violência, crimes, suicídios. As Redes Sociais, para muitos, se tornou um pesadelo, adoecendo pessoas com depressões e ansiedades. Mas essa história, dentre tantas outras parecidas que deve existir por aí, nos mostra o poder positivo da era digital. A união de duas pessoas que se amavam, e tiveram a sorte de se conectar para se reencontrar.

“A Rô é linda, corajosa, determinada. Um exemplo de filha, uma mãe dedicada, uma profissional incrível, o amor da minha vida! Muitas vezes me pego pensando…como seria bom se pudéssemos voltar no tempo, mas eu acredito em destino e ela é a minha Alma Gêmea!” Declara o noivo.

Pois é, o felizardo fez o pedido de casamento num jantar de um ano de namoro, num belo pôr do sol.

O casório FINALMENTE vai sair! Dia 30 de Julho, a noiva, que vai entrar com atraso RECORDE de mais de 20 anos (mais ou menos, 193 mil horas) vai encontrar o amado no altar para a troca dos votos e selar o tão merecido, “felizes para sempre”.

“Estamos morando juntos há um mês, faltando apenas alguns dias para o nosso casamento. A convivência com o Fê é mágica, tudo com a gente funciona muito bem, somos muito parecidos em muitas coisas, e nossas diferenças só nos completam! Parece conto de fadas, mas é a mais pura realidade! Nem eu acreditava que tamanha sintonia pudesse existir. Ele é o homem mais incrível que já conheci, a pessoa mais rara da terra, que respeita todas as pessoas independente de quem seja, que é cortês em todas as suas atitudes, que me encanta todos os dias, que me faz a pessoa mais feliz do mundo!”


E para finalizar, um spoiler dos votos do casal, que merecem toda felicidade desse mundo!

Fernando: “Rô, sou muito abençoado por ter você ao meu lado, agradeço à Deus todos os dias por trazer você de volta! Te amo desde sempre e para sempre!”

Roberta: Meu amor, meu primeiro e único amor, sou muito abençoada por ter você em minha vida! É um privilégio conviver com você. Nossa vida é um sonho realizado, e eu prometo te fazer feliz para todo o sempre! Te amo além da vida!”

Encerro essa matéria com um poema de Cora Coralina, e com o coração cheio de felicidade, pois como admiradora e escritora de romances (eterna apaixonada), sinto que esses pombinhos são a personificação de um conto de fadas. Essa matéria fala de destino e sobre crença no amor, e tem a missão de mostrar que a internet está disponível para usarmos com inteligência, com bondade, com consciência. Podemos modificar a vida e o caminho das pessoas, pro bem e pro mal, e isso está dentro da gente.

Chega de tristeza, de guerra, de brigas. Mais amor, por favor!

“Meu destino – Cora Coralina”

Nas palmas de tuas mãos
leio as linhas da minha vida.
Linhas cruzadas, sinuosas,
interferindo no teu destino.
Não te procurei, não me procurastes –
íamos sozinhos por estradas diferentes.
Indiferentes, cruzamos
Passavas com o fardo da vida…
Corri ao teu encontro.
Sorri. Falamos.
Esse dia foi marcado
com a pedra branca
da cabeça de um peixe.
E, desde então, caminhamos
juntos pela vida…”

2 thoughts on “Amor de adolescência: Casal se reencontra depois de 20 anos através das Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.