Aneel propõe reajuste de 6,32% nas tarifas para clientes da Enel na região metropolitana

A Diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou nesta terça-feira (2/4), em reunião colegiada, realização de audiência pública para discutir a Revisão Tarifária Periódica da Enel São Paulo. A concessionária atende 7,2 milhões de unidades consumidoras localizadas em 24 municípios de São Paulo e região metropolitana.

Haverá uma sessão presencial para discutir o tema na capital paulista no dia 17/4, às 14h, na Federação das Indústrias de São Paulo – FIESP, localizada à Avenida Paulista, 1313, 4º andar.

Na revisão da Enel-SP, os itens que mais impactam os índices propostos são custos de aquisição de energia, gastos para remunerar a atividade de distribuição de energia e componentes financeiros previstos para compra de energia e risco hidrológico.

Inicialmente, o pagamento do empréstimo da Conta ACR e ajustes em rubrica (retirada CDE Decreto) da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) estão contribuindo para reduzir o índice de revisão tarifária em aproximadamente – 7,66%.

Confira abaixo os índices propostos:

Empresa

Consumidores residenciais – B1

Enel – SP

5,67%

 

Empresa

Classe de Consumo – Consumidores cativos

Baixa tensão
em média

Alta tensão
em média (indústrias)

Efeito Médio
para o consumidor

Enel – SP

5,75%

7,85%

6,32%

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here