Arena Barueri terá o mesmo gramado do Allianz Parque

Passaram-se 12 anos e mais de 1.000 jogos e outros eventos na Arena Barueri. O calendário esportivo, que começa nos primeiros dias de janeiro com a Copa São Paulo e só termina em meados de dezembro com o Campeonato Brasileiro, sacrifica demais o gramado.

A manutenção diária e aquela mais intensa feita no fim de ano são comprometidas pelas chuvas. “Aproveitamos essa pausa na Copa América e de menos dias chuvosos para trocar todo o gramado”, avisa Antônio José Geraldes, o Toninho, administrador da Arena Barueri.

“O trabalho consiste na remoção total do gramado atual, recolocação do solo, nivelamento, adubação e revestimento”, explica Hélio Gondim, engenheiro agrônomo da empresa vencedora da licitação de reforma.

Haverá a substituição da grama “Bermudas Tifway” pela “Bermudas Celebration”, igualmente homologada pela Fifa e que será instalada através de placas “big roll” de 1,20 m x 20 cm. Algumas outras espécies ideais para preenchimento de falhas são intercaladas para garantir a firmeza.

As arenas da Fonte Nova (BA), Allianz Parque (SP) e do Maracanã (RJ) têm o mesmo tipo de gramado. A obra demanda cerca de 30 operários, haverá a remoção de 200 caminhões de terra com capacidade individual de 14 toneladas.

A entrega está prevista para o dia 17 de julho. No dia seguinte o Oeste enfrenta o Bragantino pela continuação do Brasileirão Série B. A fim de que não haja atraso no cronograma, nos primeiros dias da obra (fase mais árdua), as equipes trabalham até as 22 horas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here