Barueri crava vitória suave na estreia do estadual e segue em casa na segunda rodada

Colunistas Esportes Márcio Silvio

Enquanto todos os times usavam as redes sociais durante o isolamento, o São Paulo Barueri não quis saber disso e passou batido; e enquanto todos os times posavam as contratações para o Campeonato Paulista, nenhum pio do Tricolor.

Sim, o técnico José Roberto optou pela política do siri e manteve os trabalhos na surdina – e só revelou o elenco no limite do tempo, quando da estreia.

Na quarta-feira, ele comandou a equipe contra Valinhos e levou de boa, 3 a 0 com suaves 25 a 17, 25 a 17 e 25 a 16. Com o ginásio Correão sem público por causa da lei do coronavírus, o São Paulo finalmente mostra a cara. Certo, nada de querer comparar com outras formações que tinham estrelas do vôlei mundial; e até mesmo com aquele time que faturou o título paulista – muitas partidas e chegadas.

No atual campeão, o torcedor reconhece a ponteira Maira Cipriano, agora com a tarja de capitã; as líberos Dani Terra e Nyeme também são conhecidas; mas tem a levantadora Jacke que também vem da temporada passada, assim como as centrais Diana e Larissa, a oposta Jheovana e as ponteiras Moara e Carol.

José Roberto mantém dez meninas da última formação e tem como reforço Grayce Kelly do Sesi Bauru; Lorrayna, Karina e Kenya do Pinheiros, além de Duda que foi guindada do Bradesco. A levantadora Kenya Malachias é irmã da Karina, central no Osasco.

Com esse grupo de dezesseis, José Roberto espera ganhar conjunto e surpreender os favoritos Osasco e Sesi Bauru. Depois da boa vitória sobre Valinhos na rodada de quarta, nesse sábado ele segue no Correão e comanda Barueri contra o fraco São Caetano, jogo marcado para às 18h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *