Barueri se une no combate à Violência Contra as Mulheres

Na segunda-feira (dia 25) foi o Dia Mundial pela Não Violência Contra as Mulheres e o Conselho das Mulheres de Barueri realizou um debate para que a data pudesse ser refletida e discutida.
O encontro aconteceu no plenário da Câmara de Barueri e contou com expressivos debatedores representando os poderes Executivo, Judiciário e Legislativo, OAB e organizações sociais, entre outros importantes segmentos da sociedade.
O evento foi mediado pela presidente do Conselho, a jornalista Fabíola Sarcinella, que apresentou as perguntas que foram respondidas pela presidente do Fundo Social, Sônia Furlan; secretária da Mulher, Giani Cristina; secretária de Segurança, Regina Mesquita; presidente da OAB Barueri, Ana Luiza; vereador Allan Miranda; delegada da Mulher, Ivna Schelble; presidente da Libras, Marta Livia; major da PM, Eunice Rosa; delegado de polícia, Thiago Ivassaki; e Sueli Amoedo, especialista no tema.
A presidente do Fundo Social, Sônia Furlan, fez questão de enfatizar a importância da discussão do tema. “Não podemos nos esquecer que o papel do poder público é garantir e implementar políticas públicas que garantam os direitos das mulheres”, avaliou.
O delegado Thiago Ivassaki defendeu o endurecimento das penas. “Precisamos implementar leis mais rigorosas para que os agressores não voltem a praticar esses crimes”, disse.
Além dos esclarecimentos e discussões para a redução do índice de violência contra as mulheres, o evento também contou com a atuação de estudantes da Fieb, que apresentaram aplicativos que visam garantir a segurança das mulheres, além de manifestações culturais como dança, jograis e poemas sobre o tema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here