Basket Osasco confirma presença no Brasileirão 2021

Capa Esportes

Na próxima edição, o Brasileiro organizado pela CBB (Confederação Brasileira de Basketball) terá início em 13 de fevereiro com a presença de 12 equipes, que irão representar seis estados: Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo e Goiás.

Além do Basket Osasco, que fará sua estreia no cenário nacional, estão confirmados Botafogo-RJ, Joinville Basquete-SC, Black Star-SC, Brusque Basquete-SC, Blumenau Basquete-SC, ADRM Maringá-PR, Londrina Basketball-PR, NBPG Ponta Grossa-PR, União Corinthians-RS, Vila Nova,-GO e Vultures Anápolis-GO.

“Mantendo o nosso planejamento, vamos jogar pela primeira vez uma competição nacional e estamos muito confiantes. Seguimos trabalhando para mobilizar a prefeitura e os empresários de Osasco e região para que apoiem o Basket Osasco, um projeto sério, que existe há quase 10 anos. Com esses apoios, esperamos fazer um grande campeonato, representando não apenas o nosso município como o estado de São Paulo”, destacou Marcelo Sabino, responsável pelo Marketing da Coruja.

Homenagens e fórmula de disputa
O Brasileirão 2021 manteve o formato de disputa da edição de 2020, cancelada por conta da pandemia da Covid-19. As equipes serão divididas em duas Conferências: Gerson Victalino e Hélio Rubens Garcia, jogando entre si em turno e returno.

Os dois primeiros de cada conferência vão direto para as quartas de final. Terceiro, quarto, quinto e sexto colocados disputam a segunda fase, fazendo um jogo único, cruzando as conferências, para definir os outros quatro times das quartas de final, que serão em melhor de três partidas. Os quatro classificados farão o Final Four, em sede única, para definir o campeão do Brasileiro.
Nas próximas semanas, a CBB irá divulgar detalhes das Conferências Gerson Victalino e Hélio Rubens Garcia, bem como datas das fases do Campeonato Brasileiro e informações sobre transmissões.

Basket Osasco em 2020
Sob o comando do técnico João Ricardo, o Basket Osasco conquistou o título da Copa São Paulo, primeiro título profissional do basquete masculino na história da cidade, e chegou pela segunda vez consecutiva a uma fase decisiva do Campeonato Paulista, eliminando o Corinthians na fase de classificação. Em 2021, além de participar pela primeira vez do Brasileirão, a Coruja deverá jogar o Estadual pelo sétimo ano seguido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *