Capital e Cotia poderão abrir bares, restaurantes e salões de beleza

Capa Cidades

A cidade de São Paulo e Cotia mudaram de fase no Plano de São Paulo, antes no Laranja, agora a região está na fase amarela. Agora é permitido abrir com restrições além do comércio e shoppings, os salões de beleza, bares e restaurantes. A cidade de São Paulo vai esperar mais uma semana para reabrir os estabelecimentos liberados nesta nova fase. Bruno Covas disse que vai esperar o resultado da próxima semana do Plano São Paulo para abrir os comércios no dia 6 de julho.

Os comércios que são autorizados nesta nova fase precisarão encaminhar às prefeituras um protocolo de segurança para abertura dos estabelecimentos. Com horário reduzido de seis horas, capacidade de 40% de público no estabelecimento.

A região oeste (Osasco, Barueri, Carapicuíba, Santana de Parnaíba, Itapevi, Jandira) permanece na fase laranja, ou seja, nada muda por enquanto.

Fase Laranja

  • Barretos
  • Parte da Grande SP

Fase Amarela

  • São Paulo
  • São Bernardo do Campo
  • Diadema
  • São Caetano do Sul
  • Mauá
  • Ribeirão Pires
  • Rio Grande da Serra
  • Itapecerica da Serra
  • Cotia
  • Embu
  • Embu-Guaçu
  • Juquitiba
  • São Lourenço da Serra
  • Taboão da serra
  • Vargem grande paulista

Fase 1 – vermelha
Quarentena segue normal, com autorização de funcionamento apenas para serviços essenciais (mercados, farmácias, por exemplo), além de indústrias e construção civil. Veja quais os serviços permitidos.

Fase 2 – laranja
– Pode abrir, com restrições: comércio, shopping, escritórios, concessionárias e atividades imobiliárias;
– Demais serviços não essenciais: continuam fechados.

Fase 3 – amarela
– Pode abrir, com restrições: comércio, shopping, salão de beleza, bares e restaurantes

Acompanhamento das fases

As fases são determinadas pelo acompanhamento semanal da média da taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivas para pacientes contaminados pelo coronavírus e o número de novas internações no mesmo período. Uma região só poderá passar a uma reclassificação de etapa – com restrição menor ou maior – após 14 dias do faseamento inicial, mantendo os indicadores de saúde estáveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *