Categoria de Bares, Restaurantes e similares está frustrada com anúncio do Governo do Estado

Capa Cidades

O Sinhores (Sindicato Empresarial de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares que representa oito cidades da região metropolitana oeste de São Paulo, sendo elas: Osasco, Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Cajamar, Itapevi, Jandira e Pirapora do Bom Jesus),através de seu presidente Edson Pinto publicou em uma rede social, uma carta na qual mostra o impacto da não reabertura de bares e restaurantes na região oeste.

A região não foi contemplada na mudança de fase do Plano São Paulo do governo do estado, diferentemente da capital e da cidade de Cotia que agora poderá abrir restaurantes e bares.

“Toda a categoria de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares está frustrada com o anúncio do Governo do Estado, da manutenção da Região na Fase 2 – Laranja. Enquanto as prefeituras da Região Oeste não fizerem a sua lição de casa, de forma a atender e cumprir o Plano São Paulo (do Governo), não haverá a reabertura do setor. São 20.000 empresas do setor que mais gera empregos na região, com cerca de 50.000 postos de trabalho. A demora na reabertura causará o fechamento de 6.000 empresas e 15.000 demissões até o final de 2020. O cenário é desolador e o SinHoRes está solidário e ao lado desses empresários e trabalhadores”, finalizou Edson Pinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *