Clássico contra vice-líder vale parabéns a Osasco e pode cravar retorno de Luizomar ao comando técnico

Esportes

No jogo de ida em 16 de dezembro, Osasco deu um cala no Praia Clube com 3 a 2 em Uberlândia; agora tem a volta valendo revanche para as mineiras, oitava rodada do returno e com as equipes em confronto direto. Sextona de trombada no Liberatão de Presidente Altino com o terceiro colocado Osasco desafiando o vice-líder.

O time da casa tem 41 pontos para 43 do Praia Clube. Sim, é queda de braço e num momento em que as duas forças estão em alta potência. No mais, os números são parelhos com 14 vitórias e três derrotas para cada lado, sendo que a equipe de Uberlândia leva vantagem no saldo de sets.

É batalha de titãs e um clássico especial para a dona da casa por ser noite de parabéns a Osasco como município. Sim, é jogo de aniversário dos 59 anos da cidade e as meninas anfitriãs só pensam em invadir o Praia – elas querem a vitória como presente.

E além disso há outro fator que pode reforçar esse clima festivo das meninas – o técnico Luizomar de Moura venceu a batalha contra o cornavírus, está marcando ponto nos treinos e pode ser a novidade no comando. Desde o surto que abateu a equipe na segunda quinzena de novembro, o assistente Jefferson Arosti vem tocando os jogos. Na última rodada e quando bateu São José dos Pinhais por 3 a 0, Luizomar de Moura foi festejado com cantoria tipo ‘bem-vindo de volta, comandante’. Ele acompanhou o trabalho do assistente e até deu alguns pitacos. O jogo de segunda-feira pagou a quarta rodada do returno, adiada por causa do coronavírus.

Ainda sobre esse jogo, Jefferson Arosti não contou com a ponteira Jaqueline. Ela sequer foi para o banco e a assessoria do time disse que a bicampeã olímpica não estava legal. Como era uma partida sem riscos para Osasco, a comissão técnica decidiu poupar a celebridade. No entanto, hoje é trombada entre potências do vôlei brasileiro e cada qual deve entrar com todo arsenal.

Sábado tem Novinhas
Depois da espetacular vitória sobre o Sesi Bauru, virada por 3 a 2 no Panela de Pressão, as novinhas de Barueri partem naquela motivação contra o Brasília Vôlei, sábado às 20h no poliesportivo José Corrêa.

Jogando em casa e repetindo o volume que esbanjou terça-feira em Bauru, elas sabem que podem somar mais três pontos. No entanto, o time candango não é nada bobo e sabe complicar.

Basta lembrar que se o poderoso Osasco tem três derrotas e uma delas foi para as novinhas, Brasília é outra que também assina essa conta – meteu 3 a 2 em pleno Liberatão pela nona rodada em 12 de dezembro.

No mais, o adversário vem mortido porque domingo pagou rodada atrasada contra o Curitiba Vôlei e levou de 2 a 3. Então, nesse sábado no José Corrêa tem São Paulo Barueri cem por cento motivado x Brasília muito feroz para fechar o sorriso das novinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *