Definido

Colunistas Sem Mordaça

Com a realização das Convenções Municipais em Osasco teremos no pleito de 15 de Novembro, seis (6) chapas concorrendo a prefeito e a vice, a saber: Dateninha (SOLIDARIEDADE) / Marco Ribeiro (PROS); Emidio de Souza (PT) / Silvio Neves (PTB); Lindoso (REPUBLICANOS) / Coronel Lucena (PSC); Reinaldo Mota (PRTB) / Verissimo de Souza (PRTB); Rogério Lins (PODEMOS / Ana Maria Rossi (PL) e Simony dos Anjos (PSOL) / Gilmar Soares (PSOL).

Pé no brejo I
No último fim de semana tivemos o reinício do Campeonato Paulista de Futebol Série A3, competição que foi paralisada após a décima primeira rodada em virtude da pandemia do coronavírus. Na disputa participam dezesseis clubes e no final desta primeira etapa, oito maiores pontuadores seguem à próxima fase e os dois últimos classificados serão rebaixados à Segunda Divisão. O Grêmio Osasco teve um reinício péssimo, foi goleado por 5 a 0 pelo Marília jogando fora de casa e com isso, caiu para a zona de descenso, 15º lugar na classificação geral com apenas 12 pontos ganhos. Nesta sexta-feira o Grêmio Osasco, time que foi terceirizado para esta competição, tem mais uma pedreira, encara o Velo Clube, em Rio Claro pela antepenúltima rodada.

Pé no brejo II
No Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A1 de 2020, o time do Audax Osasco vem colecionando resultados negativos e faltando apenas cinco jogos para o término da fase de classificação, precisa urgentemente somar pontos e é muito difícil isto acontecer, caso contrário será rebaixado á Série A2 de 2021. Este pífio desempenho da equipe após a partida da última quarta-feira, na derrota de 4 a 0 para o São Paulo. Quatro pontos ganhos, com uma vitória, um empate e oito derrotas, com apenas dois gols marcados e trinta e três sofridos. Pela décima primeira rodada o Audax enfrenta o Palmeiras neste domingo, 27, às 15 horas, no Estádio do Rochdale.

Os Santos
Dezesseis clubes disputaram o Campeonato Paulista de Futebol Série A2 valendo o acesso a dois deles à elite do futebol paulista. Entre eles, São Bento, São Bernardo e São Caetano. Classificados na primeira fase às quartas de final, os três conseguiram passagem à semifinal, eliminando seus adversários nos jogos de volta com a série empatada, na disputa de pênaltis. É muita coincidência. Agora os três se juntam ao XV de Piracicaba e partem em busca do acesso.

Vai começar
Neste domingo, 27, terá início a propaganda eleitoral, inclusive na internet. Agora é pra valer! Em Osasco, em comparação com a campanha de 2016, teremos praticamente quase o dobro de concorrentes em busca de uma das 21 cadeiras no legislativo. E este fenômeno vai se repetir por todos os municípios brasileiros, como conseqüência da proibição de coligações nas eleições proporcionais, ou seja, para a disputa do cargo de vereador.

Já começou
Bem antes do início da propaganda eleitoral permitida pela legislação, a baixaria já está ocorrendo via redes sociais. Ao invés de apresentar propostas viáveis em prol do desenvolvimento da cidade e bem estar de sua gente e com isso conseguir o apoio de eleitores, alguns preferem utilizar espaços importantes disponíveis, principalmente na internet, para lançar pedras, atacar, caluniar, difamar, com a finalidade de desmerecer o adversário e minar o seu prestígio. O que o povo espera e precisa é de uma campanha eleitoral limpa.

Turno único

Por ter menos de 200 mil eleitores, o eleitorado de Santana de Parnaíba decide em turno único em 15 de novembro, quem será o próximo prefeito. O atual prefeito Elvis Cezar (PSDB) apóia como candidato a sua sucessão, o vereador Marcos Tonho (PSDB) e este terá pela frente o ex-prefeito Silvinho Peccioli (PSD) como adversário.

Em família

O radialista Fábio Teruel, motivador e evangelizador, com mais de 3 milhões de seguidores nas redes sociais, lançou sua esposa Ely Teruel como candidata a vereadora da capital paulista. Em Osasco, Marcelo Teruel, irmão de Fábio e filho do deputado estadual Ataíde Teruel vai concorrer a vereador. Todos são filiados no PODEMOS e na vizinha Barueri, Fábio Teruel é o presidente da agremiação.

Ausência
Na relação de candidatos a vereador pelo PT em Osasco, num total de 32, a surpresa foi a ausência de alguns integrantes do partido, entre eles, Aluisio Pinheiro, Aguimarães, João Góis, Marcos Martins, Valmir Prascidelli e Nelsinho. Em contrapartida a agremiação se renova com novas lideranças e se completa com alguns nomes já conhecidos do eleitorado osasquense.

Vestibular
Nas eleições municipais deste ano, o candidato a vereador em Osasco participará da mais concorrida disputa eleitoral de toda a história de Osasco. Serão em média 35 candidatos para cada uma das 21 cadeiras no legislativo osasquense. O número de participantes com relação as eleições anteriores teve um aumento considerável, quase que dobrando e isto, em virtude da legislação atual proibir a coligação de partidos nas eleições proporcionais.

Composição

Em Barueri, o candidato à reeleição, o prefeito Rubens Furlan (PSDB), atualmente em seu quinto mandato, contará com o apoio de treze (13) partidos nas eleições de 15 de Novembro. A coligação denominada Caminho Certo é constituída pelo PSDB – Republicanos, PC do B, PRTB, PDT, PSL, PSC, DEM, PTC, Avante, Solidariedade, PTB e PL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *