Fatec Osasco oferece curso gratuito para quem quer ser programador com bolsa auxílio de R$ 300

A Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Osasco recebe a primeira turma em São Paulo do Recode Pro, projeto que vai selecionar 100 jovens – 50 no Estado de São Paulo -, mesmo sem experiência na área, para um curso intensivo gratuito de programação. As inscrições vão até 25 de julho, exclusivamente pela internet.

Para participar do processo seletivo, é preciso ter de 18 (completos até novembro de 2019) a 29 anos, Ensino Médio completo, poder realizar os cursos presenciais em São Paulo ou Rio de Janeiro e estar disposto a morar nessas cidades, onde também serão oferecidas as oportunidades de trabalho.

Também serão critérios de seleção o desempenho nas etapas do processo seletivo, como porcentagem de acerto das atividades nos cursos introdutórios e desafio online, e renda familiar de até 3 salários mínimos. Candidatos com deficiência, mulheres e negros terão prioridade na seleção. “Estamos muito felizes de firmar mais uma parceria que busca transformar a vida dos jovens de Osasco e região”, diz o diretor da Fatec, Felinto da Silva Júnior. “Em breve, tenho certeza de que o programa apresentará resultados satisfatórios, principalmente no que se refere à empregabilidade.”

Curso e benefícios

 

Com carga horária de 320 horas, ao longo de 5 meses, o curso intensivo vai formar programadores full stack, profissionais capazes de atuar em todas as etapas do desenvolvimento de um site ou aplicativo. O programa vai desenvolver nos jovens competências socioemocionais cada vez mais exigidas no mercado, como comunicação, colaboração, criatividade e resolução de problemas.

Estão previstos benefícios como bolsa de 100% para curso de inglês online da Cultura Inglesa, bolsa auxílio de R$ 300 por mês durante os dois meses finais do curso e encaminhamento para vagas de trabalho nas empresas parceiras da Recode.

“O Recode Pro se propõe a ser essa ponte que une jovens talentosos e motivados em busca de oportunidades a carreiras promissoras na área de tecnologia. Sabemos do potencial dos nossos jovens e conhecemos as demandas das empresas por profissionais de tecnologia. Vamos criar esse match”, explica Luisa Ribeiro, CEO da Recode.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here