Festa em comemoração a Santo Antônio, padroeiro de Osasco, começará às 7h desta quinta

A Catedral de Santo Antônio realiza na quinta-feira, 13, festa em comemoração a Santo Antônio, padroeiro de Osasco. As festividades começam às 7h, com a santa missa, a bênção do tradicional bolo de Santo Antônio, além da entrega de pães benzidos.

Também haverá missa às 10 horas, com Dom João Bosco e padres da Diocese de Osasco, e a missa das 15h, celebrada pelo pároco local, Monsenhor Claudemir, será seguida de procissão pelas principais ruas do centro da cidade e queima de fogos.

Paralelamente às atividades acontece a tradicional Quermesse de Santo Antônio.

 

SANTO ANTÔNIO

Santo Antônio é conhecido pelos católicos brasileiros como o santo casamenteiro. Recebeu o nome de batismo de Fernando. Santo Antônio de Pádua, como é conhecido internacionalmente, é também o santo dos pobres. O dia de seu nascimento é incerto: 15 de agosto ou 13 de setembro de 1195, em Portugal, na cidade de Lisboa. Durante a sua vida, foi frade agostiniano e franciscano em Portugal, França e Itália, onde morreu em 13 de junho de 1231, na cidade de Pádua, aos 36 anos de idade.

Santo Antônio tornou-se padroeiro da cidade de Osasco, devido à devoção de Antônio Agú fundador da cidade. Natural da cidade de Osasco da Itália, Antônio Agú, católico fervoroso, chegou ao Brasil em 1890 e ajudou na construção da região e na propagação da fé católica.

À época, Osasco tinha apenas uma Igreja na Rua Primitiva Vianco. A família de Antônio Agú doou um terreno para a construção de outra Igreja. Fundada em 1930, o terreno deu origem a atual Catedral de Santo Antônio, um dos cartões postais da cidade.

Devido ao desenvolvimento que a cidade vem alcançando desde a época de Antônio Agú e a tradição religiosa, foi implantada a sede da Diocese de Osasco.

O dia 13 de junho é feriado em Osasco, conforme Lei Municipal de nº 3850. A data é comemorada com uma procissão que costuma reunir mais de 70 mil pessoas pelas ruas da cidade. A procissão se encerra com uma queima de fogos, que se tornou marca das comemorações do Dia de Santo Antônio na cidade.

SERVIÇO

Dia de Santo Antônio – santo padroeiro de Osasco

Missas

7h – Santa missa/bênção do tradicional bolo e dos pães

10h – Santa missa diocesana com Dom João Bosco e padres da Diocese de Osasco

15h – Santa missa/seguida de procissão e queima dos fogos

Catedral de Santo Antônio (Avenida Santo Antônio, 1090 – Vila Osasco)

1 COMENTÁRIO

  1. “Santo Antônio tornou-se padroeiro da cidade de Osasco, devido à devoção de Antônio Agú fundador da cidade.” – isso é uma lenda urbana, vamos dizer.
    O real motivo da escolha do padroeiro da cidade recair sobre Santo Antonio se deu por escolha do 1º Arcebispo de São Paulo, Dom Duarte Leopoldo e Silva, de nobre memória. Simplesmente isso. Como um bispo é um sucessor do Colégio Apostólico primitivo, pode-se inferir com segurança que que escolheu Santo Antonio como padroeiro de Osasco foi o próprio Deus. A escolha não se deveu à devoção do fundador da cidade, embora o fato de Antonio Agu ser um onomástico de Santo Antonio, pelo prenome, isso geralmente induz a uma conclusão fácil, só que não tem apoio dos fatos. O que está documentado sobre isso nos leva ao Dom Duarte Leopoldo e Silva. Também a escolha dos religiosos passionistas como desenvolvedores da Santa Igreja em Osasco foi obra de Dom Duarte, que quis incumbir os recém-chegados missionários de São Paulo da Cruz com essa tarefa. E não há discrepância entre o carisma e a espiritualidade passionistas com o carisma e a espiritualidade franciscanas, de vez que os passionistas são como que franciscanos mais radicais. São Paulo da Cruz foi um grande devoto de São Francisco de Assis, só que intensificou um tanto mais o caráter expiatório e oblativo da vocação de seus religiosos (isso em grande parte se perdeu, infelizmente). Nunca tivemos um bispo passionista à frente da Diocese, mas agora temos um franciscano. Deus sabe o que faz. Viva Jesus, viva Maria!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here