Mães solos são canceladas

Colunistas Talita Andrade

Para você pertencer ao grupo de mães solos, é preciso aprender algumas coisas. Mas não se preocupe, esse grupo engloba 31% da população no Brasil.

O seu maior professor será o seu ex = pai do seu filho. Aquele que cansou de dizer que você era a mulher mais maravilhosa e mãe mais dedicada. A partir do momento que vocês terminarem o relacionamento, você será CANCELADA!

Pois é, seu primeiro cancelamento como mulher solteira.
Todas as qualidades que ele já enalteceu, serão invalidadas. Ou melhor, ele vai invalidar a mulher que você será dali em diante. Vai mostrar todas as dificuldades que você terá, começando pelo dinheiro.
Pode ser que ele te ajude financeiramente, se você estiver sem emprego. Mas acredite, isso vai custar cada célula do seu corpo, noites chorando, humilhações presenciadas pelos seu filho, necessidades pessoais (aquelas que você tem e ele não se vê obrigado em ajudar).
Você vai notar que quanto mais você trabalhar, menos dinheiro vai sobrar, pois ele diminuirá a “contribuição”, já que você está se virando. Ele vai dizer que você que escolheu essa vida. Quando você disser que seu filho precisa de uma mochila nova, ele vai dizer que você devia ter pensado nisso antes de ir para aquela festa (esporádica) que você foi com amigos (imagine termos de baixo calão aqui).

Ele vai apontar tantos defeitos e incapacidades, que em muitos momentos, você questionará se ele pode ter razão. Talvez você se empenhe em ser mais, mas é muito difícil. Talvez você pense em desistir, afinal, você está exausta com tantas tarefas. Vai se lembrar de quando era casada, que tinha AJUDA com algumas funções. Pode ser que você se lembre que nessa época, sua vida era mais fácil, no sentido tempo e dinheiro.
Mas então, você pode se dar conta de que tempo e dinheiro não compram paz, energia boa e mente tranquila.


Você vai reconhecer que é capaz de sentir tudo o que o seu filho precisa, cada olhar, cada respiração. Você é capaz de saber quando ele está com febre só de olhar seu rosto. Consegue perceber o resfriado antes mesmo do vírus chegar. Tem decorado a bula de cada remédio e a patologia de muitas doenças.

O fato de você não ter um relacionamento com o pai do seu filho, não elimina a sociedade, representada pelo menor. Sócios precisam desempenhar papeis incondicionais, afinal, o lucro será responsabilidade dos dois, assim como o prejuízo.

Mas a realidade é bem diferente. Muitos pais descontam nos filhos as frustrações que têm com a mãe. Eles difamam, ridicularizam, amaldiçoam, desrespeitam e ainda se dizem promotores das “gandaias” quando elas não estão com os filhos. Afinal, a mixaria que eles pagam de pensão vive fazendo mães caindo na malha fina do imposto de renda. (Irônica aqui viu?)

Tenha orgulho de ter tido coragem de seguir sua vida. Tenha orgulho de escolhido para o seu filho um lar melhor que o de agressões e brigas. Tenha orgulho de saber que você se preocupa com seu psicológico e do seu filho. Tenha orgulho de ser guerreira, de ser mulher, e de não se limitar por ter medo. Tenha orgulho de poder sair e se divertir com suas amigas, de namorar. Você tem direito de ser quantas versões você quiser: o fato de você ser mãe, não te limita, só te torna mais corajosa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *