Minha Televisão com Gripe

Estou mais derrubado do que programa que só passa vídeo de internet. Aquela gripe chegou chegando. Não reparem. Estou acabado.
Mas enfim…
Vamos falar de televisão.
Estava pensando aqui comigo, duas personalidades que eu paro o que estou fazendo para ouvir, Tony Ramos e Ney Matogrosso.
Outro dia mesmo, o Tony Ramos deu uma brilhante entrevista para o Milton Neves na Rádio Bandeirantes de São Paulo.
Mudando de assunto…
Admiro muitos jornalistas esportivos, mas tem um problema. Muitos falam com o coração. E isso atrapalha muita coisa. Eu trabalho com jornalismo esportivo e tenho orgulho de ser muito frio em qualquer análise.
Sobre minha mãe…
E juro que um dia ainda vou gravar ela xingando os participantes do “Roda a Roda”, SBT. Ela reclama muito quando o convidado erra uma resposta boba.
Ainda sobre o SBT…
Esta semana foi gravado o tradicional “Troféu Imprensa”. Evento que eu adoro desde minha infância.
Nem preciso dizer que é muito melhor do que o “Oscar”. Nem se compara.
Uma recomendação de CD.
Nando Reis lançou um CD só com músicas do gênio Roberto Carlos. Está ótimo.
Aproveitando…
Quem quiser conhecer o meu lado poeta.
Mudando de assunto…
Gosto quando algo bem antigo é reprisado na televisão. Por isso estou ansioso com o retorno de “Por Amor” (1997/1998) no “Vale a Pena Ver de Novo”, Globo.
É triste, mas gosto até mesmo de rever atores que já morreram em uma novela.
Hoje ainda não elogiei “Se Eu Fechar os Olhos Agora”, Globo. Uma grande história. Bons atores e tudo muito bem “amarrado”.
Outra coisa que é sempre bom lembrar. Estou com muita saudade da Angélica no ar.
E não tem como não citar, só voltar com o “Vídeo Show” e colocar Angélica para apresentar. Nem tem muito que pensar.
Para fechar…
Os “Cavalinhos do Fantástico” estão de volta. Gosto dessas invenções “bobas” que dão certo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here